10 hábitos que aumentam o risco de morte súbita.

Muitas vezes, é dado como certo que nossas vidas são razoavelmente seguras. No entanto, é bem possível que a rotina que estamos levando possam aumentar o risco de uma morte súbita, como revelado por uma nova lista dos 10 piores hábitos.

1) Andar de bicicleta por uma rua movimentada.

De acordo com pesquisadores da Universidade de Hasselt na Bélgica, andar de bicicleta por uma área densamente povoada, é suficiente para aumentar o risco de um ataque cardíaco. De todos os modos de transporte, os ciclistas são os mais propensos a respirar a poluição do ar. Além do mais, como os ciclistas fazem muito esforço, eles são mais propensos a sofrer de anemia. Levando em conta esses fatores, o risco de um ataque cardíaco enquanto se anda por uma rua movimentada torna-se cada vez mais alto.

2) Prisão de ventre e fazer força em certas horas…

Quando você se encontra um pouco constipado, é normal querer colocar certas coisas para fora, mas isso por si só representa um grande risco para a saúde. Em primeiro lugar, coloca uma grande pressão sobre o organismo, que provoca um rápido aumento na pressão sanguínea. Em segundo lugar, o coração começa a trabalhar mais. À medida que a pressão sanguínea está em um estado instável, o risco de um bloqueio dos vasos sanguíneos torna-se maior, causando possivelmente uma hemorragia cerebral ou ataque cardíaco. Aconselha-se que quando se trata de prisão de ventre, tome cuidado para não exercer qualquer estresse desnecessário e tomar remédio para aliviar a condição.

3) O consumo excessivo de álcool ou café.

O consumo moderado de café ou álcool foi pensado para ser bom para você. No entanto não se pode dizer o mesmo para o consumo excessivo. O consumo de café ou de álcool em grandes quantidades, não só aumenta a taxa do coração, mas também a pressão arterial, e é suficiente para desencadear um ataque cardíaco. Ainda mais preocupante é que, quando consumido durante períodos prolongados isso pode conduzir à deterioração dos músculos do coração. Isto pode por fim resultar em uma falha cardíaca.

4) Depressão.

Estar em um estado emocionalmente inseguro acaba afetando o ritmo do coração. Privação do sono por meio de preocupação ou estresse impede o coração de repousar devidamente, e provoca um aumento na pressão arterial e freqüência cardíaca. Se deixado de lado pode levar a um ataque cardíaco. Se tem algo incomodando, é recomendável que você fale com amigos e familiares ou profissionais de saúde para resolver o problema.

5) Excesso de comer e beber.

Comer em excesso aumenta a quantidade de sangue necessária para digerir a comida. Como resultado o fornecimento de sangue para o cérebro e do coração diminui. Qualquer anemia pode te levar a algo muito maior de um ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral. Excesso prolongado não só pode causar um aumento de peso, mas também, se você é do tipo sendentário, levar a um bloqueio dos vasos sanguíneos.

6) Sobre a vida sexual ativa.

Uma vida sexual saudável pode mantê-lo jovem e saudável, mas exagerar pode causar uma convulsão dos vasos sanguíneos. Isto pode então ser responsável por uma queda na circulação sanguínea para os órgãos vitais, que podem levar ao aparecimento de doença cardíaca. Quem sofre de doenças cardíacas poderia ser melhor se manter no nível moderado.

7) As drogas ilegais.

Os usuários regulares de cocaína são 23 vezes mais propensos a sofrer de doenças cardíacas. Usuários habituais da droga correm o risco de morrer pois acaba privando o coração de seu suprimento de sangue normal e aumentando a sua pressão arterial. Em comparação com os não-usuários da droga, as artérias dos usuários de cocaína são muito mais duras. As paredes do coração também ficam muito mais espessas.

8) O tabagismo passivo ou direto.

Casos de fumantes que sofrem uma morte instantânea devido ao tabagismo são geralmente desconhecidos, mas ambos tipos de fumantes(Ativo/Passivo) aumentam o risco de danos ao coração consideravelmente ao longo do tempo. Então, o que você ganharia mudando agora? Cerca de 8 horas após parar de fumar, o nível de monóxido de carbono no sangue iria voltar a um nível normal. Após 24 horas, o risco de ter um ataque cardíaco também começa a diminuir. Depois de 1 ano, o risco de um ataque cardíaco será reduzido pela metade. Além do mais, depois de 15 anos de seus órgãos internos seriam tão saudáveis como os de um não-fumante.

9) A ingestão excessiva de alimentos doces ou salgados.

Os alimentos que são ricos em teor de sal são conhecidas por causar um aumento da pressão arterial, aumento do colesterol e causar doenças vasculares ateroscleróticas. Além disso, consumir coisas doces quando você é uma criança aumenta consideravelmente o risco de desenvolver doenças cardíacas na vida adulta.

10) Estilo de vida sedentário.

Sentado em casa ou em um escritório durante todo o dia também pode aumentar o risco de uma morte súbita. Um estilo de vida inativo faz com que o metabolismo fique mais lento e reduz a quantidade de enzimas que o corpo cria. Há também um aumento da gordura corporal. Eventualmente, o sangue pode ficar espesso e causar uma deterioração na circulação do sangue, que pode formar um coágulo de sangue e, assim, provocar um ataque cardíaco.

Depois de ler isto, como foi comparar tudo ao seu estilo de vida?

Para resumir tudo, a abundância do sono e uma dieta saudável são os principais fatores para a prevenção do estresse e dos problemas acima relatados. A morte é algo que pode enfrentar qualquer um de nós a qualquer momento, mas evitando os 10 piores hábitos colocados nesse post você poderia se ajudar a viver uma vida mais saudável.

Fonte: Rocket News

 

Comente

Sobre Jocz

Jocz
Cervejeiro de plantão, tradutor e editor de noticias, alvo fácil no Left 4 dead além de só não postar mais noticias por falta de tempo livre.

2 Freaks estão discutindo o assunto. Participe Tambem.

  1. Jocz

    Quem lê agradece, obrigado xD

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*