Animes de Esporte – Ame-os ou Odeie-os!

Os Animes de Esporte têm como objetivo apresentar ao público um esporte específico. O público alvo desse tipo de anime são os espectadores infanto-juvenis. Boa parte desses animes se torna informativo, enquanto que existem aqueles que são apenas para entretenimento. Qual seria a diferença: o primeiro leva o esporte com uma seriedade, ou seja, pede que o público conheça o esporte e o pratique, enquanto que o outro não é possível a sua prática, já por ter alguns elementos absurdos. Praticamente, serve para venda de produtos associados: games, cards, revistas.

Esporte e Necessidade:

As pessoas praticam esportes desde jovens, entretanto a procura de alguns esportes não é tão grande devido à baixa popularidade e o desconhecimento das regras e modos de jogar, já que não há tanta divulgação assim para os jovens. Como há um mercado tão grande de jovens leitores de mangá, mangakás, produtores e profissionais do esporte perceberam que a divulgação de esportes por meio de mangás poderia ser um bom negócio. As primeiras séries desse tipo já surgiram nos princípios da animação e o mais famoso e difundido foi Speed Racer, apesar do seu foco maior ter sido o entretenimento (outra época, outros valores), e ao longo dos anos, animes tais como Captain Tsubasa surgiram na década de 80, e Slam Dunk na década de 90, e Eyeshield 21 na década de 2000 apresentaram esportes pouco populares aos japoneses. Graças a isso, além dos tradicionais esportes japoneses já praticados, beisebol por exemplo, demais esportes conseguiram maior difusão na população e se popularizam ainda mais na sua prática graças a mangás e animes, tais exemplos seriam basquete e futebol (o Zico também ajudou…hehehe).

CLASSIFICAÇÕES

(Essa é uma classificação pessoal dos animes que eu ASSISTI)

Não existe uma classificação padrão para animes de esporte, entretanto boa parte deles possui elementos em comum, boa parte delas vinda das características de um anime shonen (Vide Coluna do Kiba). As classificações apresentadas são sugestões observadas pelo colunista aqui.

I. Esportes Físicos

1º tipo: condição inicial – protagonista leigo no esporte

O protagonista não entende nada do esporte, suas regras e nunca o praticou antes. Entretanto, por algum motivo o protagonista é introduzido ao esporte, e por sua decisão (ou não) resolve praticá-lo. Esses motivos podem ser desde motivos nobres a motivos obscuros. Esse protagonista por algum outro motivo, tem alguma vantagem que o privilegia na prática desse esporte. Essa vantagem geralmente é fisiológica, que o propicia a praticar o esporte com um grande rendimento, sendo até confundido como um talento. Esse potencial talento é observado por um praticante do esporte, e é requisitado a praticar o esporte. Os seus motivos também podem ser nobres ou obscuros. O protagonista aprende o básico do esporte, sendo em alguns momentos motivo de piada de rivais, mas com um curto intervalo de tempo, ele evolui exponencialmente praticando o esporte, melhora suas técnicas, sendo essa evolução notada pelos rivais. Há uma mistura de surpresa e admiração, especialmente dos treinadores rivais. Além disso, há o surgimento do maior rival do protagonista, esse Tb evolui, tentando não ser ultrapassado pelo protagonista, e há sempre uma mistura de alegria e frustração. O que se observa é que o protagonista, mesmo que relutantemente não goste do esporte no principio, ao longo do tempo ele começa a apreciar o esporte. Assim, o indivíduo que antes era indiferente ao esporte, começa a ficar alegre nas vitórias e chora nas derrotas, ou seja, o espírito esportivo foi desenvolvido. Quando isso acontece, acredito que o anime do esporte alcançou o seu objetivo principal, que é entender a natureza do esporte, a sua graça ao praticá-lo, e incentivar a prática deste.

Exemplos:

  • i. Slam Dunk (basquete)
  • ii. Hajime no Ippo (boxe)
  • iii. Eyeshield 21 (futebol americano)
  • iv. Over Drive (ciclismo)

2º tipo: condição inicial – protagonista praticante do esporte

O protagonista é praticante do esporte, o pratica desde a infância, apesar de em algumas séries o pratica pela emoção e alegria ao praticá-lo, e em outros por pura obrigação, e nesse último, o protagonista não é um entusiasta do esporte, às vezes posa de indiferente ou de arrogante. Ao se confrontar com outros rivais, aos poucos ele percebe que o mundo do esporte é grande, e impressionado pela sua fragilidade diante desses formidáveis rivais, o protagonista desenvolve ainda mais o espírito competitivo. Pratica o esporte ainda mais a sério, e se torna ambicioso para evoluir no esporte. Desenvolve técnicas para melhorar, e se associa a grupos que podem fazer suas habilidades melhorarem ainda mais, tudo fazendo parte de sua ambição, ser o melhor do mundo. Sua condição psicológica precisa sofrer uma queda brusca, o fazendo voltar à realidade em algum momento, para que ele leve a prática do esporte a sério.

Exemplos:

  • i. Major (beisebol)
  • ii. Captain Tsubasa (futebol)
  • iii. Prince of Tennis (tenis)
  • iv. Initial D (corrida de rua)

3º tipo: Condição especial → protagonista não é o atleta

  • • Giant Killing → o protagonista é o treinador, ou seja, ele não é mais praticante do esporte, por isso não se encaixa em nenhuma das duas categorias de esporte físico.
  • • Moshidora → o personagem é uma gerente de um clube de baseball. Por meio da gerencia do clube, o time melhora e tenta o sonho de participar do Koshien, o campeonato escolar mais importante de Baseball no Japão.

II. Jogos de tabuleiro e raciocínio

Nesses tipos de atividade, não há grande esforço físico, e o praticante pode jogar sentado diante de um tabuleiro. Como a definição diz, o esporte é a prática para desenvolvimento físico e/ou mental, assim os jogos de tabuleiro também podem ser considerados esportes. Nas mesmas condições descritas anteriormente, o protagonista pode ser leigo na atividade ou conhece as regras.

Eu só considero os mangás e animes de jogos de tabuleiro como esportes se obedecerem algumas regras:

1. Necessita ter competição;

2. Há a necessidade de ter uma liga profissional;

3. Tem que ter lógica nos desafios da competição;

4. Tem que ser reproduzidos na vida real (mesmo que existam jogadas estranhas).

Exemplos:

  • i. Hikaru no Go (Go) → excelente anime e mangá, melhor série de jogo de tabuleiro que existe. Grande sucesso na divulgação de Go, atingindo o mesmo efeito de Slam Dunk. Grande aceitação do público, e divulgação internacional desse esporte de tabuleiro.
  • ii. Saki (Mahjong) → pode ser controverso, pois há muitos personagens moe, mas o foco principal ainda são as disputas de Mahjong. Foco nas jogadoras Saki e Koromu que usam jogadas muito arriscadas.

III. Animes gamble – apostas e jogos psicológicos

Como o título diz, o anime se baseia em apostas. O personagem é manipulador, inteligente, usa de jogos psicológicos e geralmente pensa mais no proveito próprio. Uso do esporte como meio de ganha pão, ou desespero.

Exemplos:

  • i. One Outs
  • ii. Kaiji

 

 

 

 

 

Outras categorias de anime de esporte:

a. Cenário de uma prática de esporte, mas com outro foco

O esporte é usado como tema de fundo, algumas regras são apresentadas, pode haver inspiração na prática do esporte, todavia o principal tema é o relacionamento entre os personagens, a grande maioria praticante do esporte.

Exemplos:

  • i. Umisho (natação) → série ecchi
  • ii. Ginban Kaleidoscope (patinação artística) → série de romance/moe
  • iii. Cross Game → romance focado no baseball
  • iv. Bamboo Blade (kendo) → personagens Moe praticando Kendo
  • v. Suzuka (salto em altura) → romance focado em uma atleta de salto em altura

b. Anime para entretenimento

Esses tipos de animes são muito exagerados, dificilmente serão reproduzidas na realidade. O objetivo principal é o entretenimento, mas as atividades esportivas obedecem a regras, mesmo que as condições realizadas sejam exageradas e muito perigosas.

Exemplos:

  • • Buzzer Beater
  • • Inazuma Eleven
  • • Kinnikuman (Músculo Total)
  • • Basquash
  • • Air Gear
  • • Ring ni Kakero

c. Lutas com monstrinhos e afins???

Não são considerados como anime de esporte, pois o objetivo principal da série é a venda de brinquedos e produtos relacionados à animação. Possui uma definição própria conhecida como pocket animes. Apesar de tudo existe a competição, regras definidas, uma liga profissional no anime, mas são animes caça-níqueis para exploração comercial.

Exemplos:

  • • Beyblade
  • • Pokemon
  • • Medabots
  • • Yu-Gi-Oh! Duel Monster (card game)
  • • Weiss Survive
  • • Bakugan

Conclusão

Existem outras dezenas de animes de esportes. Cada um com sua peculiaridade, de modo que nao dá para citar todos. Além disso, há os que eu nao vi, por isso nao saberia onde os encaixar.

Os animes de esportes são muito inspiradores para prática, difundem o esporte e as suas regras e sempre são excelentes. Possuem categoria própria e não podem ser menosprezados, apesar de ainda existir preconceito sobre eles, coisa que eu não entendo o motivo, mas isso é outra história. Por isso recomendo, vejam animes de esportes, mesmo não gostando do esporte em si, mas geralmente sempre se aprende algo de valor, tanto as regras como uma noção do que faz um ser humano amar um esporte.

Comentários

• De fato, não existem critérios para diferenciar um anime de esporte para outro, por isso essa lista é subjetiva. As peculiaridades são tantas quanto as que tem em um anime de mecha.

• Infelizmente, eu não vi todos os animes de esportes existentes (o único q fez isso foi o Sky). Por isso, tem alguns animes que poderiam se encaixar em alguns dos grupos apresentados e que não foram citados. Tente encontrar alguns animes não citados e encaixar nesses grupos mencionados.

• Logicamente, existem animes de esportes não mencionados que não vão conseguir se encaixar em um dos grupos apresentados. Por isso, caso encontre algum exemplo, crie um subgrupo, dê justificativas e cite mais de um exemplo.

• Concluindo, assistam animes de esportes, tem vários deles que vale a pena assistir, sim!!

Postagem feita por Seiji

Comente

Sobre Anime Freak Show

Durante esses mais de 3 anos, muitas pessoas passaram pelo site, algumas não estão mais, mas suas postagens continuam aqui!

14 Freaks estão discutindo o assunto. Participe Tambem.

  1. Hajime no Ippo é muito bom! dá vontade de sair fazendo boxe depois de cada episódio!!!

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*