Coluna da Drih

O lado random da vida – I – Cute-cute-kawaii-desu!!

Enquanto isso, na central de redação do Anime Freak Show…

BOSS: Drih, a sua coluna até que está fazendo sucesso. Estamos até pensando em dar uma sala nova para você! Sabe, para suas pesquisas e tudo o mais…

DRIH: Sério? *-* [“weeee, para quem era apenas a random de passagem, agora ter até uma sala própria no QG… que lindo… :’D”]

BOSS: Sério. Acompanhe-me. ^^

*Andando por alguns corredores dos quais ela realmente não se lembrava. 15 minutos depois…*

DRIH: Ainda tá longe? oO

BOSS: Quase lá, quase lá…

*Meia hora depois…*

DRIH: Ainda vai demorar muito? >3<

BOSS: Aqui, chegamos!

*Em frente a uma porta onde estava escrito “Almoxarifado – NÃO ENTRE – Perigo de desmoronamento”*

DRIH: Essa é a minha sala? D8

BOSS: É, sim! ^^ Gostou? Eu sei que você gostou! n_n

DRIH: Erm… claaaaaro que gostei… =3=

Bem… já que ganhei uma sala nova (sala nova.. os responsáveis por isso me pagam! ><), nada mais justo do que inaugurá-la também com uma coluna nova, certo? O tema de hoje é algo que afeta muito a vida de grande parte dos otakus, e que é muito forte na cultura japonesa atual, também. Mas, antes de começar, uma pergunta:

Qual é a primeira coisa que vocês diriam ao olhar para… isso?

Se a resposta for “que bonitinho” ou “kawaii!!!” ou “quero levar pra casa” ou qualquer variação que não tenha conotações lolicon, obviamente, afinal vocês não querem arrumar problemas pra mim ><, então vocês entendem o impacto que coisas fofinhas têm sobre as pessoas. E, para os japoneses, esse impacto é ainda maior, e surgiu, por incrível que pareça, como uma forma de contestação dos jovens à cultura tradicional.


Como tudo começou

O termo “kawaii” se popularizou e assumiu o significado que conhecemos hoje a partir da década de 70, quando adolescentes japonesas começaram a adotar um estilo de escrita mais informal e “bonitinho”, com traços finos e delicados, escritos da esquerda para a direita (o oposto do tradicional), e com decorações como carinhas felizes, corações, estrelinhas (*nisso, todas as garotas lendo se lembram da época em que desenhavam coraçõezinhos e florzinhas no caderno e pontuavam os Is com estrelinhas – EM ALGUM LUGAR TODAS VOCÊS FIZERAM ISSO QUE EU SEI! ùú*) Muitas gírias  também foram criadas nessa época, pela pronúncia infantilizada de palavras comuns. Isso, porém, não foi bem-recebido pela maior parte dos adultos (chegando até a ser banido de algumas escolas), por ser considerada uma rebelião contra a cultura tradicional japonesa.

Ao longo dos anos 80, essa cultura ganhou popularidade, e passou a ser realmente vista como uma rebelião, desta vez pelos próprios jovens. Eles sentiam que a vida adulta era restrita e rígida demais, e que tirava a sua liberdade, e reagiam a essa forma de vida com esse comportamento fofinho e com sua saudação à imaturidade e à diversão. Foi a partir daí que empresas como a Sanrio (os criadores da gata demoníaca que não tem boca e que é bizarra pra caramba Hello Kitty) decidiram investir nesse grupo e criar produtos voltados a eles. Foi também o início do surgimento de ídolos como Seiko Matsuda, que criou a imagem da “burriko” (ou seja, uma mulher que age como uma criança). E foi a partir dela, também, que a cultura kawaii passou a ser muito direcionada ao público feminino, por esta representar independência e não-conformidade com os padrões.


Independência feminina: revolução vestida de cor-de-rosa

A partir de Seiko Matsuda, muitas mulheres jovens passaram a aderir ao estilo criado por ela. Não apenas pelas roupas, trejeitos e modos de falar em si, mas, de certa forma, como uma maneira de demonstrar poder e independência. Muitas não eram casadas, e usavam esse estilo como forma de expressar que estavam livres da vida conjugal (que representava uma vida tediosa e muito opressiva para as mulheres japonesas). Além disso, muitas delas eram independentes financeiramente, e consumiam muitos produtos da moda kawaii (roupas, acessórios, artigos de escritório, doces…). Com isso, tornaram-se representantes desse novo tipo de cultura, e foram vistas como rebeldes contra a cultura tradicional. Tanto é que muitos críticos do estilo kawaii acusavam seus seguidores de serem egoístas, imaturos, e de não ter o melhoramento da sociedade como sua meta principal Essa última, pelo menos para mim, parece uma grande justificativa para essa “fuga” de volta à infância através do kawaii: a vida adulta, e essa idéia de “melhoramento da sociedade”, coloca pressão demais sobre as pessoas.


Complexo de Peter Pan?

Falamos bastante sobre como as mulheres se envolveram com o estilo kawaii desde o início, mas é importante dizer também que a partir dessa época, também os homens começaram a se envolver com essa tendência. É até um pouco de complexo de Peter Pan, em que eles também queriam uma maneira de, ao menos numa certa forma, não crescer ou voltar à juventude.

E, atualmente, o kawaii é parte integral da cultura japonesa. É o que vemos em roupas, acessórios, prédios e aviões (é sério oO – recentemente a All Nippin Airways decorou três dos seus boeing 747 com personagens de Pokémon por dentro e por fora). É o que vemos em animes e mangás, é o que dá charme a personagens moes, é aquele bottom da Konata ou de alguma personagem aleatória de K-On que está na sua mochila nesse exato momento, é aquele bonequinho da Hello Kitty ou da Pucca que enfeita a sua mesa. É algo que atravessou fronteiras, e que pouco a pouco também conquista o ocidente. Isso é porque não queremos crescer? Bem, eu acho que sim, de certa forma. Porque, para mim, se crescer for não querer se cercar de coisas bonitas e acolhedoras, então é, eu não quero crescer mesmo. No fim, acho que  o kawaii é uma forma de não nos esquecermos de apreciar coisas singelas.

Bem, acho que é isso. A idéia dessa coluna, daqui para frente, será essa mesmo, falar de algum assunto aleatório que tenha a ver com o universo otaku. E, mais do que isso, é um espaço para conversarmos um pouco, que tal? ^^ Tem algo a dizer? Alguma opinião? Algo que você gostaria de ver aqui em outras ocasiões? Oras, a página de comentários está aí para isso! ;D Acham que eles deveriam parar com a palhaçada e me dar uma sala de verdade? É, eu também acho. ù3ú

Enfim, babies… muito obrigada pela atenção, beijos a todos e até mais! ;D

P.S.: eu devia ter dito isso antes… –‘ Enfim, assim como a Árvore de Ohara, O Lado Random da Vida será publicado às sextas, a cada duas semanas (as colunas vão se alternar). Tentarei ser bem precisa quanto a esses prazos, OK? Até mais! ^^

P.S.2.: E é, a última imagem é só porque eu sou uma fangirl sem conserto mesmo. xD

“KAWAII ARU ~ >u<” (China [Hetalia], sobre tudo o que foi dito durante a matéria)

Mostrar mais

Artigos relacionados

11
Deixe um comentário

avatar
9 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Comentario mais recente
Mais Comentados
  Se Inscreva  
Me Notifique
kiihabo
Visitante
kiihabo

Nao conseguira viver sem coisas kawaii`s ><
Adorei a coluna.. *-*
Queremos mais o/
bjs

Tenshi
Membro

Como sempre Drih como sempre ótima coluna, e ótimo conteudo, parabéns.

P.S: sua sala já é maior maior que a minha xD.

Lucas
Visitante
Lucas

Muito maneira a sua coluna. Ansioso pela próxima matéria, principalmente porque eu adoro assuntos random.

Brendon_oyabin
Visitante

Driiiiiiiiih! MY HOONEEEEEEEEEEEEY *-* só pra variar a coluna estava oncrivelmente super fuckin fodastica amei amei amei esse comentario vai ser micro pq to em aula kkkkkkkkk se ratiar faço outro depois pra resumir minha reação depois de ler essa coluna eu digo que vomitei arco-ires de tantas coisas kawais oh my god oh my god oh my god *voz fina o.O tive otakorgasmos vendo aquela mochila eu descobri que fasso parte desse movimento e nem sabia LOL kkkkkkkkkkk minha michila tem 9 botons, tinha mais mas eu perdi kkkkk tirando dois chaveiros um do luffy e outro que é… Read more »

Brendon_oyabin
Visitante

to flodando mas por um bom motivo escrevi o comentario me econdendo da professora e por causa disso saiu um monte de erros kkkkkkkkk
peço desculpas a sua compreenção e sua paciencia pra decifrar onegaishimasu -.-

(O O) Pq o primeiro saiu FAIL kkkkkkkkkkkkk
3

JA NE !! ^.^ v

Dex Kazekyuu
Membro

ótima postagem! Devo dizer que me senti um maldito sortudo quando me convidaram pra fazer o Dexteirol, e recebi uma seção só pra isso, enquanto você só agora recebe a sala do almochar-… digo, da sua sala oficial XD… KKK Bom, não sou um complexado pelo Peter Pan, afinal tenho 20 anos com cara de 30, e mente de 15, totalizando 65 anos XD… Eis aqui uma foto da minha mochila otaku, que chamo carinhosamente por “Guerreira” XD… não tenho adesivos nem nada da Konata (até porque só tive tempo de assistir o 1° epi de Lucky Star, que quero… Read more »

Seiji
Visitante

Drih, como assim vc recebeu uma sala?!?! o Kiba tb tinha uma própria??? Pra mim só me deram um Mupy genérico e a chave do banheiro do posto de gasolina lá da esquina….Vou reclamar com o sindicato kkkkk. Agora falando sério, já virei fanboy das suas colunas Drih….acho q há um consenso do Departamento Editorial que suas colunas são as melhores do AFS (isso pq não to considerando as Reviews, daí incluo as Reviews da Fer). E não fazia idéia que essa parte kawaii fazia parte de um movimento feminista…vivendo e aprendendo. Excelente texto, tá de parabéns e continue assim.… Read more »

Tio Panda
Visitante
Tio Panda

Nao atraz de mim seiji, eu nem lan~çar minhas reviews no prazo estou conseguindo ultimamente, e sem fazer isso nao consigo avançar na qualidade delas >.<

Kiba
Visitante
Kiba

Aaaahhhhh Então foi você que ficou com a minha sala, senhorita Drih!!! Você acha ruim ficar no almoxarifado, é porque você ainda não sabe como é escrever lá no depósito do porão, onde eu fui instalado… Brinks!! xD

Drih, muuuito boa sua coluna, como sempre um ótimo trabalho de pesquisa e muita informação… Eu sabia da existência do estilo “kawaii” de viver, mas não imaginava como era a aceitação do povo japonês quanto a isso… Mas está de parabéns! Ótimo texto! Nós, do Departamento Editorial, realmente temos que revolucionar a parte escrita do AFS e você está fazendo isso muito bem!

Tio Panda
Visitante
Tio Panda

DRIIIIIIIIIIIIIIH-CHAAAAAAAAAAAAAAAANN!!! Otima coluna (Como sempre) Realmente faltava uma coluna de assuntos ramdons relacionados a cultura otaku aqui no site!! Essa coluna esta muito boa e bem informativa, tenho certeza que a galera que tambem acompanham as colunas (que pel oque ando vendo, esta crescendo muito a ponto de ultrapassar os 40 comentarios em algumas colunas [mas ateh agora, quem conseguiu isso foram soh as garotas pelo que eu me lembro xDDD] e me surpriender) acharam isso, principalmente a galera que gosta de ver de onde tudo surgiu!!! Soh quero fazer um comentario adicional ( Informações que possuo graças a minha… Read more »

sekai-chan
Visitante
sekai-chan

KAWAIIIIIIIIIIIIIII!!!!!!!!!Adoirei a tua coluna! Gostari de ver vc falando de shoujo. SInto um pouco de falta no site
bj^^

Verifique também

Fechar
Fechar
Fechar