Disponível para todos os públicos? Talvez.[2]

Fala pessoal! Chacall novamente aqui para mais uma matéria que possa entreter, animar, motivar, mostrar um lado melhor desse mundo e emocionar todos vocês!
Brincadeira, esta matéria não fará tudo isso, mas é uma continuação das categorias dos animes/mangás. Aproveitando, também gostaria de agradecer as boas vindas de todos e espero continuar no AFS por muito, muito tempo.
Bom, aos leitores que viram a primeira parte, perceberam que não coloquei todas as categorias mais conhecidas. Pois bem, acalmem-se e soltem a arma que estão segurando, eu vou continuar falando sobre elas (com mais informações :D).

SEINEN/JYOSEI

Aqui está outras duas categoria bastante conhecidas que deixei de mencionar no post anterior (fail meu ;D).

Sobre o Seinen:

O Seinen é dedicado ao público adulto masculino. Digamos que ele é um pouco parecido ao Shounen em questão de ação, mas tem uma história bem mais madura que não é apropriada a garotos, contendo violência muito mais “apelativa” em que podemos ver muito sangue (se você adora sangue, muito sangue, sangue jorrando por todos os orifícios, gosta de uma carnificina… huh… enfim).

Outra coisa que séries Seinen botam (dependendo da história) em suas cenas são as típicas safadezas. Uma “pornochanchada” básica para que chame atenção daqueles rapazes mais tarados. Mulheres mostrando suas perfeições superiores e, no máximo, as duas caras traseiras, são vistas em Seinen, mas não é visto o triângulo das bermudas (pelo menos acho que não õO). Você não veria isso normalmente em um Shounen, veria?
Seinens também possuem escritas kanjis de nível universitário, mas isso não é lá tão importante, não é? Mas não deixa de ser uma informação. ;D
Você, rapaz, com certeza terá sua mente dominada por um Seinen. As histórias sempre têm algo que lhe chama muito a atenção e faz com que não tire os olhos da tela. Acredite. Eu sei como é.
Alguns dos títulos mais conhecidos de Seinen:

Sekirei– A série de Sakurako Gokurakuin (Sakura!? Goku!? WTF!?!) é um belo

exemplo de Seinen por ter uma ótima d’uma… sacanagem geral, eu diria.

Gantz – A série criada por Hiroya Oku. Admito não ter visto nem lido, apesar das diversas recomendações e ameaças de morte. Mas, pelo que sei, é um Seinen com bastante violência.

Durarara! – O Light Novel de Ryougo Narita e Suzuhito Yasuda.

Engraçado que eu nem percebi o lado Seinen deste mangá. Estava tão

atento aos episódios que esqueci de definir wth era isso.

MonsterMonster, do aclamado autor Naoki Urasawa, conta a saga

do neurocirurgião Kenzou Tenma (indicado por Marcos ;D).

Sobre o Jyosei:

O Jyosei, ao contrário do Seinen, é dedicado ao público  adulto feminino. O Jyosei têm algumas características do Shoujo, mas também em versão mais madura. Os romances do Jyosei têm um realismo muito maior. No Shoujo, você pode ver alguns romances impossíveis, envolvendo ficção científica. Já no Jyosei, você verá histórias que você pode ver num cotidiano, algo mais “possível”.
Outra coisa que o Jyosei tem é a abordagem sobre assuntos como a homossexualidade, ou seja, romances entre casais do mesmo sexo, conhecido como Yaoi ou Yuri, que falarei mais a frente (NÃÃÃÃÃOOO!!!!). Também aborda sobre a sexualidade, que não é considerado pornográfico, então tanto séries Jyosei quanto Seinen tem uma liberdade maior pra se colocar esse tipo de cena (por isso adoro o Seinen).
As adaptações de Jyosei são geralmente para j-dramas em filmes (uau! Pra que animes/mangás se podemos ver a coisa toda com pessoas reais?).
Alguns dos títulos mais conhecidos de Jyosei (admito que eu não conheço quase nenhum! Dorgas!):

Pet Shop of Horrors – Anime de terror japonês por Yasuhiro Imagawe.

Papa to Kiss in the Dark – Novela e posteriormente shounen-ai criado por Ken Nanbara.

Nodame Cantabile – Mangá de Tomoko Ninomiya.

Sinto dizer, mas, infelizmente, não sei NADA, repito, NADA, sobre qualquer série Jyosei. Desculpem-me. Se alguém souber, fiquem a vontade pra comentar.

MECHA

Mecha em japonês é abreviatura para mechanical, mecânico. São robôs criados para combater o mal (que frase mais clichê) controlados por humanos, geralmente jovens (em animes). Em animes/mangás, você verá muitos mechas em forma de humanos ou de animais lutando contra monstros gigantes ou outros mechas (dá pra lembrar Power Rangers, não?).
Você deve ter reparado muito de mechas em tokusatsus, que depois tiveram diversos brinquedos inspirados neles. Mechas também são bastante vistos em diversos jogos e filmes.
Séries mecha são dedicadas mais ao público jovem e ao público adulto masculino, encaixando-se então, também, ao Shounen.
Como não há muito o que falar sobre mechas, vamos aos exemplos:

Macross Frontier – The Super Dimension Fortress Macross:

Macross é clássico no mundo pelo fato de combinar elementos de mecha, batalhas apocalípticas e romances em tempos de guerra. (por Marcos)

Evangelion – O anime e mangá (que por sinal eu não assisti e nem li) de Hideaki Anno também é um conhecido exemplo onde os mechas gigantes são denominados Evangelions ou EVAs.

Gundam 00 – Mobile Suit Gundam 00:

Gundam 00 e Gundam 00-2 são a sétima produção da saga Gundam. Como sempre, produzidas pelo estudio Sunrise. O roteiro por Yousuke Kuroda e com character design de Yun Kouga.

Gundam 00 é a primeira serie de Gundam a não utilizar um calendario ficticio para a trama, Gundam 00 é situado no calendario cristão. (por Marcos)

ECCHI/HENTAI

Chegamos a uma parte muito tensa dessa matéria. Talvez seja até a parte mais esperada de alguns. É espantoso até pra mim falar sobre essas duas categorias. Mas, como quero que todos aprendam direitinho com o professor, não tem jeito. Vamos lá.

*Leitura não recomendável a menores de… huh… ah, apenas certifique-se de manter a porta do quarto fechada*

Sobre o Ecchi:

Ecchi, em japonês, obsceno. Digamos que ecchi não envolve muito a “ação” explícita. É nesta categoria que você verá muitas coisinhas bem dotadas de um corpo atlético, um físico abençoado pelos deuses. Meu Deus! De uma maneira bem simples e entendível, Ecchi é uma forma mais suave do hentai. Também tem uma belíssima duma “pornochanchada”. Ecchi é riquíssimo em abundância e em “peitudância”, eu diria. Você sabe que está mostrando, mas tem uma mardita duma tarja preta ou elas estão de costas (dorgas!).

Como é uma categoria que não tem muito o que dizer, apenas a ver, bora aos exemplos, negada:

Love Hina – A série criada por Ken Akamatsu. O meu super-herói que vira um gerente de um tipo de pousada feminina e sempre vê as mocinhas na terma. Cara safadjeeenho!

Kampfer – O light novel por Toshihiko Tsukiji. Creio eu que muitos já conhecem a história, mas, pra quem não sabe, a história fala de um garoto que do nada, acorda transformado em uma garota. Um tigre de pelúcia diz que ele agora é um Kampfer e que tinha que lutar como um kampfer.

KissxSis – A série por Bow Ditama. KissxSis conta a história de um garoto que vive com seus pais, e suas irmãs gêmeas que o beijam e o assediam competindo quem mostra mais amor por ele.

Sobre o H-E-N-T-@-!:

Bom… se o Ecchi é uma forma suave de obscenidade, o H-E-N-T-@-! é o extremo. Obviamente o hentai é voltado ao público adulto (e tarados, por sinal).

Dentro do H-E-N-T-@-!, não vemos apenas cenas entre heteros. Podemos ver alguns casos bizarros. O H-E-N-T-@-! possui alguns termos nos quais se refere a um tipo especial de hentai:

  • Kemono – animais (sim, é bizarro);
  • Futanari – hermafroditas (ainda é bizarro);
  • Lolicon – crianças, adolescentes femininos (Pedobear);
  • Shotacon – crianças, adolescentes masculinos (Pedobear+Clô);
  • Yaoi – o terror de todos, homossexualidade masculina (FFFFUUU~~!!);
  • Yuri – homossexualidade feminina (sério… sem comentários).

Por sanidade e não-tramautização de minha parte, não colocarei exemplos por ser um absurdo imagens deste tipo. x_x

OUTROS

Um amigo meu estava comentando sobre as séries de esportes, e é bom deixar claro aqui também. Séries de esportes não têm muita diferença, pois podem se encaixar em Shounen ou Seinen, dependendo da história. Exemplos como Super Campeões se encaixam em Shounen e One-Outs em Seinen.
Há outras duas categorias não tão conhecidas (pelo menos pra mim), como o Shounen-Ai e o Shoujo-Ai. Estes dois são um modo de relação entre garotos(as) do mesmo sexo, mas de uma forma mais suave e bem leve, não chegando a conter cenas sexuais. As vezes é apenas uma amizade grande entre cada sexo. Nada demais, ainda bem. Enfim, existem outros termos dados a várias séries, mas não são termos tão utilizados ou são até mesmo inúteis.
É isso aí, galerinha. Espero que tenham entendido bastante sobre as categorias das séries japonesas e sem deixar muita dúvida (pois é bem capaz de eu não saber responder xD). Fiquem a vontade para comentar. Elogiem, falem mal, critiquem, chinguem (em particular, por favor), chamem pra sair, ou o que quiserem.

Até a próxima! õ/
Abraços, Chacall.

Observações:

  • O Anime Sekirei pode ser encontrado em nosso parceiro Spiido-Fansub com ótima qualidade, feito de fã para fã e totalmente gratuíto. Clique aqui.
  • O Mangá Sekirei pode ser encontrado em nosso parceiro Brazil Manga Scanlator com ótima qualidade, tradução e edição, proporcionando uma leitura ótima a todos. Clique aqui.
Comente

Sobre Chacall

16 Freaks estão discutindo o assunto. Participe Tambem.

  1. Seynen é o melhor e fim de papo! rsrs não é tão tenso quanto o Hentay, e tem ação
    com histórias complexas, que na minha opinião supera as lutas sem sentido dos Shounem bom mais gosto não se descute, e este “Jyosei” ai.., é feminino, me lembra yaoi (tenso) por algum motivo elas gostam disso, mas whatever… é a primeira vez que ouço isso, vou conferir para ver se é bom flw.

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*