Especial Departamento Editorial: Introdução

Olá leitores do AFS, aqui é o Seiji e hoje venho trazer para vocês uma história do Departamento Editorial.

NARRADOR: O departamento editorial é uma sala escura e pequena com alguns computadores, um sofá (que normalmente é usado pelo Seiji para dormir) e uma cafeteira. Para analisar o trabalho do pessoal do departamento, coloquei uma câmera escondida naquela sala. Quem sou eu? Não importa… Vamos direto à história. Era uma terça-feira, duas horas e meia da tarde. Os integrantes do Departamento Editorial estavam no início do turno que vai de uma da tarde até três da manhã.

VOZ ABAFADA SAINDO DE UMA CAIXA DE SOM NA PAREDE: TRABALHEM, MEUS SISTEMAS ESTÃO DIZENDO QUE VOCÊS ESTÃO VAGABUNDANDO, TRABALHEM LOGO!

RICKY: Maldito BOSS, mal posso ver seus movimentos.

VOZ ROBÓTICA: Senhor Aguiar, a sua ofensa foi gravada em áudio e será utilizada contra você em situações futuras.

RICKY: Droga, eu e minha boca grande! x-x

MAJIN: Tá vendo? Ninguém mandou usar frase de efeito!

CABEÇA: Majin, que texto é esse que você está escrevendo?

MAJIN: Ah, é um review sobre um anime norueguês que conta a história de um senhor senegalês que está viajando por Burquina Faso junto com seu cavalo Sueco e ambos estão buscando a resposta para a seguinte pergunta: Por que as formigas não têm pescoço?

CABEÇA: Parece ser bem interessante. O_O Acho que o Seiji iria se interessar por esse tema.

SEIJI: zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

MAJIN: É, acho que ele está dormindo…

TODOS: Que novidade.

JANJÃO: Arrume este texto, Majin! Isso está errado: “Ele bebe um bom vinho” em norueguês é “Han drikker en god vin”. Eu vou ter que marcar você com meu ferro de passar roupa? Ò_Ó

MAJIN: Mas não fui eu, foi o fansub que legendou errado. TT-TT

CABEÇA: Calma Majin, a culpa não é sua.

JANJÃO: E você que erra: “excessivamente acessível”! Ò_Ó

CABEÇA: Mas tem muito “C” e muito “S”! TT-TT

JANJÃO: É por isso que o Seiji me deixou no comando! u.u

SEIJI: zzzzzzzzzzheinekenzzzzzzzzzzzzzzz

CABEÇA: Perai, mais porque só eu, Majin e o Janjão estamos trabalhando?

JANJÃO: Mais!? Ò_Ó

CABEÇA: Ah não! Ai já é marcação! Eu FALEI “mais” e você sabe que o escritor escreveu errado sendo que o som é quase o mesmo?

JANJÃO: Claro, mesmo eu estando aqui como um personagem fictício, meu eu verdadeiro está revisando este texto nesse exato momento!

CABEÇA: Duvido!

JANJÃO: Posso provar! Na próxima fala, o Ricky vai dizer: Maldito café caindo na camisa, mal posso prever seus movimentos!”

RICKY: Maldito café caindo na… EI!

VOZ ROBÓTICA: Senhor Aguiar, a sua ofensa foi grava…

RICKY: Mas eu nem terminei de falar!!! T_T

JANJÃO: Viu?

CABEÇA: Que seja… De qualquer forma, porque apenas eu, o Majin e o Janjão estamos trabalhando? O Gust e o Fair não fazem nada?

GUST: Mas estamos trabalhando, agente está “pesquisando” alguns games aqui na STEAM!

FAIR: A culpa não é nossa que o Site não tem a área de notícia!

RICKY: Maldito programador, mal posso ver seus movimentos!

VOZ ROBÓTICA: Senhor Aguiar, novamente a sua ofensa foi gravada em áudio e será utilizada contra você em situações futuras.

RICKY: Sério, eu tenho que ficar quieto. TT-TT

MAJIN: cofcofFolgadoscofcof… Mas Fair, por que você está de farda aqui dentro?

FAIR: Aquele que serve a nação nunca deve tirar sua vestimenta.

CABEÇA: Isso é sério?

FAIR: Não, é que eu quebrei o zíper e não consigo tirar. TT-TT

RICKY: Justo.

JANJÃO: Mas cadê o Hiruma? Ainda não revisei nenhum texto dele.

MAJIN: Olha, eu fiquei sabendo que ele foi pedir um salário melhor e nunca mais foi visto.

TODOS: *silêncio mortal*

SEIJI: zzzzzzzzzzzzzzzzz… Hã? Salário? Alguém tá reclamando?

TODOS: Não não Seiji, pode voltar a dormir! ^^’

SEIJI: Ah… Ok…. zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

ALCH: GALERA, GALERA, eu acabei de vir lá de fora e a Mih e a Teruko estão vindo pra cá e estão conversando!

*Todos saem correndo procurando os fones de ouvido*

MAJIN: Cadê o meu fone? Janjão, esse é o meu fone!

JANJÃO: Estado de emergência, amigo! Salve-se quem puder!

FAIR: Alguém coloca um fone no Seiji!

NARRADOR: Depois disso a última coisa que a câmera gravou foram as duas meninas entrando na sala. A câmera sofreu algum tipo de interferência devido a uma onda sonora estranha, e ficou um bom tempo sem funcionar. Quando a imagem voltou, a sala estava intacta, mas todos pareciam meio traumatizados pelo ocorrido.

RICKY: Olha só o que eu achei aqui no fundo da sala pessoal! Uma bola de futebol, vamos bater uma bolinha!

*Ricky chuta a bola que acerta direto na cafeteira e a destrói*

TODOS: NNNnnnÃÃÃÃÃããããOOOOOOOooooo

SEIJI: ZZZZzzzzZZZZZalemãsinsaciáveiszzzzzzZZZZZZZzzzzzzzzz

CABEÇA: Eu não acredito! A cafeteira não!!

FAIR: Vocês só podem estar de sacanagem!

GUST: Ferrou, agora como eu vou terminar o Diablo III sem dormir??

RICKY: Opa… Foi sem querer, eu juro!

Após um pouco de desespero, Mugi entra na sala.

MUGI: Yo minna-san, o THE BOSS quer falar com quem quebrou a cafeteira!

NARRADOR: Todos apontaram para o Gust.

GUST: O que… Mas… Eu não fiz…na-

MUGI: Guardas, podem levar.

NARRADOR: Nesse momento guardas capivaras entram e pegam o Gust.

GUST: Não, de novo não! De novo não, praquela sala não! Porque sempre é minha culpa? TT-TT

NARRADOR: Depois de meia hora, entra na sala uma figura encapuzada arrastando o Gust desmaiado.

THE BOSS: EU ESTOU INFELIZ, E SABEM POR QUE EU ESTOU INFELIZ? PORQUE VOCÊS ESTÃO BRINCANDO AO INVÉS DE TRABALHAR.

MAJIN: Mas agente está trabalhando, eu até estou pensando em escrever um review sobre um anime de um mercador persa que vende garrafas douradas em uma pequena cidade da Constantinopla, mas descobre sobre uma fonte na Jamaica…

THE BOSS: QUIETO, VOCÊS ESTÃO ENTRANDO PRA DENTRO DA MINHA LISTA NEGRA!

JANJÃO: É…THE BOSS…”entrar pra dentro” é um pleonasmo dos feios e…

THE BOSS: SILENCIO. INSOLENTE.

FAIR: Desculpa, eu juro que ele não vai falar mais nada. Olha, eu sou do serviço militar. Se vossa majestade quiser, eu posso arrumar alguns soldados para reforçar a segurança da sua sala.

THE BOSS: NÃO TENTE ME BAJULAR-ME. AGORA VOCÊS TERÃO QUE PROVAR QUE PODEM TRABALHAR AQUI.

JANJÃO: THE BOSS, você só pode estar de sacanagem, você foi pra escola quando criança?

TODOS: Janjão, CALA A BOCA!

SEIJI: zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzmestresplinterzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

THE BOSS: ESSA FOI A GOTA D’AGUA.

RICKY: O Mestre Splinter?

THE BOSS: NÃO! AGORA VOCÊS TERÃO QUE APRENDER A ME RESPEITAR E PROVAR QUE PODEM TRABALHAR AQUI.

NARRADOR: Então a figura encapuzada tirou um cetro do seu manto e bateu no chão. Só foi possível ver um clarão, seguido do sumiço de quase todas as pessoas na sala.

SEIJI: zzzzzzzzzz…. Uhm… O que… Aconteceu alguma coisa aqui? Nada? Então vou voltar pro meu soninho. zzzzzzzzzzzzzzzzzz

Muito bem pessoal! Este texto e os próximos que virão serão uma brincadeira feita pelo Departamento Editorial que vai anteceder o aniversário do AFS. Ela vai funcionar da seguinte maneira: Cada um dos integrantes do Departamento que vão participar vai parar em um universo paralelo, que pode ser qualquer coisa, seja um anime, uma série, algo nerd ou otaku… Ou tudo ao mesmo tempo! Cada personagem vai ter que sobreviver nesse novo ambiente até conseguir voltar. Só que é o seguinte: Ninguém vai escrever sobre si mesmo. Isso mesmo, foi sorteado para cada um dos participantes outro participante o qual este deve escrever a história. Resumindo: Um sacaneando o outro! Os participantes serão: Cabeça, Ricky, Gust, Alch, Janjão e Majin. A ordem e quem falará sobre quem não será revelado até o lançamento de cada um. Que comecem os jogos!

Comente

Sobre Anime Freak Show

Durante esses mais de 3 anos, muitas pessoas passaram pelo site, algumas não estão mais, mas suas postagens continuam aqui!

13 Freaks estão discutindo o assunto. Participe Tambem.

  1. nossa, muito bom! mal posso esperar pra ler os proximos textos, ficou muito legal!

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*