Especial Departamento Editorial: Majin

Fala galera, beleza?  Alch aqui, minha vez nessa bagaça. Eu to sem tempo pra nada, desculpe as pessoas que gostam das minhas colunas, só que eu consegui arranjar um tempo para esse especial de aniversário AFS. Estão prontas para uma coisa totalmente retardada? Se a resposta for não, continue mesmo assim. Boa leitura!

Narrador: Depois daquela forte e enorme luz, Majin olha para sua frente e vê um enorme portão feito de pedra e…

Alch: Produção, corta tudo isso aí! Já que Fullmetal agora não rola né, já deu pra eu criar vergonha na cara e parar de fazer apenas isso. Troca tudo aí e vamos botar uma coisa que fique mais interessante e menos “Alch seu fanboy”…

Narrador: Ok, vamos lá então! Reformulado! Depois daquela forte e enorme luz, Majin tenta abrir os olhos, mas logo tem que fechá-los novamente por causa da areia que os atinge. Ele tenta procurar água, mas não acha absolutamente nada que seja líquido.

Majin: Ah, não faz mal! Vou fazer que nem aquele norueguês.

Narrador: Majin eleva suas mãos para frente do seu rosto e só se ouve um som sutíl e delicado.

Majin: RRRRRRRAAAAAAAAA. THUUUUUUUU!!!

Narrador: Um enorme catarro sai da sua boca em direção a sua mão, com aquela cor verde parecendo o Hulk dessa modinha do filme dos Vingadores. Logo ele pega aquilo e passa nos seus olhos. Quando consegue abrí-los, olha para frente e fica espantado com aquela vista.

Majin: OOOOQQQQUUUUEEEEEEEE É ISSSSSOOOOOOOOOOO? Só tem areia e umas construções totalmente destruídas? Onde estou? Quem sou eu? Na verdade, essa última pergunta foi só pra fazer um drama legal mesmo.

Drih (NPC): Olá! Vim aqui para te vender a Tecpix, a sua máquina 5000 mil em um! Com múltiplas funcionalidades! E…

Majin: Calma aí! Por que a Drih está aqui? Eu to no meio do nada e me aparece a Drih do nada me oferecendo uma Tecpix? Vocês vendedores da Tecpix só podem estar de sacanagem! Tem milhares de vocês no mundo todo né. Vocês são Assassinos ou Templários? Vieram de onde? Qual é o objetivo de vocês? Dominar a Terra? Quantas perguntas eu já fiz durante esse tempo?

Drih(NPC): Mas ela vale muito a pena. Compre porque ela têm múltiplas funções e…

Narrador: No fundo você apenas consegue ouvir uma simples frase em Japonês.

Pessoa até o momento desconhecida: Omae wa mou shindeiru!

Narrador: Um homem que vinha correndo na direção da vendedora acaba explodindo de uma maneira bizarra e maravilhosa, sem nenhuma causa aparente. ELa então percebe que não sofreu nenhum dano, e que um outro homem tinha retirado ela do caminho da explosão. Ela então diz para o cara que acaba de salvá-la as seguintes lindas palavras.

Drih(NPC): Olá! Vim aqui te vender a Tecpix, a sua máquina 5000 mil em um! Com múltiplas funcionalidades! E…

Majin: Eu não sou o principal? Cadê o foco em mim? Cadê produção?

Alch: Cara, espera um pouco aí… Você não entendeu que a história aqui é só pra te ferrar né? Aguenta ai! Quem sabe as coisas se explicam e você vai embora daqui sem um braço?

Narrador: Depois de um gesto do homem que a salvou, a NPC dá meia volta e vai embora, como se nunca tivesse existido.

Majin: Calma aí, eu conheço você. VOCÊ É O KENSHIRO!!!!!!!!!!!!!

Kenshiro: Eu sou Kenshiro, o sucessor do Hokuto Shin Ken, e você não parece ser daqui. Qual seu nome e de onde é, forasteiro?

Majin: Calma aí, deixa cair a ficha e depois eu te respondo. Só um minutinho.

Uma hora depois…

Majin: Pronto, agora sim. Eu sou Majin, de um mundo paralelo. (Depois de todo aquele tempo a única coisa que ele conseguiu pensar foi esta). Sucessor do Animesantigos Shin Kon!

Kenshiro: Hum, interessante. Você sabe onde estamos, não sabe?

Majin: Sim, sei. A história que eu ouvi foi essa aqui ó: “Passado num mundo devastado na década de 1990 por uma guerra nuclear” By Papai Wikipédia.

Kenshiro:  Exatamente isso, só que sei que esse seu pai ai, tem um nome bem estranho…

Majin: Ele não é meu pai! Ah deixa pra lá, não tem como te explicar. Então, tem um copo d’água aí? To morrendo de sede.

Narrador: Do nada, um cara aparece com uma boneca na mão, só que sua mão estava acima da cabeça, para que ele desse um “close” na calcinha. E é claro, na outra mão ele segurava um copo d’água.

Jin: Olha aqui seu copo d’água, só não me enche o saco nas minhas horas de diversão.  Ahh sua boneca safadinha vem cá, vem!

Narrador: Depois disso ele logo entrega o copo para o Majin e some como se nunca estivesse passado por lá.

Majin: O que o Jin estava fazendo aqui? Por que ele logo sumiu? Isso é uma pegadinha né? Só pode, cadê o Serginho Malandro? E as portas dos desesperados? Será que é um novo Reality Show do SBT que vai falhar na tentativa de desbancar o BBB?

Kenshiro: Não entendi nada do que você falou! Só sei uma coisa, vamos para a cidade que eu quero encontrar o Bart e pegar umas safad… ESQUECE, só vamos logo!

Majin: Claro que eu vou. Só que eu queria estar em casa assistindo aquele filme finlandês que eu só achei dublado em austríaco. Pelo menos ele está legendado em australiano que para mim é bem fácil de entender.

Narrador: Majin vira o rosto e fala bem baixinho com voz de “menino sapeca”.

Majin: Só que ninguém sabe que é um pornozinho cheio de loirinhas. Hehe!

Narrador: Logo quando eles chegam, aparece um homem gigante e ao mesmo tempo o Jin.

Jin: Majin, uma coisa branca que te faz passar por obstáculos está te esperando logo após esta batalha, eu acho… Na verdade me explica aí Majin, onde eu estou?

Majin: Você está em um mundo paralelo onde só os fortes vivem, aqui não tem nada. O tesouro daqui é a água.

Jin: Ai credo! Fui!

Narrador: Assim ele some com essas palavras tão profundas e sem sentido. E ao mesmo tempo surge um homem gigante com uma longa esapada na mão.

Majin: Então, seguinte Kenshiro, eu sou muito fraco! Poderia ganhar dele pra mim?

Kenshiro: VOCÊ SE CONSIDERA UM HOMEM? VÁ VOCÊ E MOSTRE ESSE SEU PUNHO FORTE. MOSTRE QUE VOCÊ TEM CULHÕES!

Narrador: Majin olha para os seus punhos e os fecha de uma vez só, como se tivesse um enorme poder fluindo de dentro dele.

[Comentário do Alch: Bem shounen ou shonen, do jeito que você preferir]

Majin: É verdade, eu tenho o Animesantigos Shin Kon! (Se esqueceu totalmente que isso era uma mentira) VAMOS LÁ, IREI GANHAR DESTE GIGANTE HOMEM COM MEUS PRÓPRIOS PUNHOS! PELA MINHA HONRA! MEUS CULHÕES ESTÃO EM JOGO!

Narrador: Majin vai gritando e dando socos no vento até que o gigante pega sua espada e corta fora o braço esquerdo de Majin. Ele começa a gritar e se contorcer loucamente.

Majin: Maldito Alch, por que teve que arrancar meu braço? Meu braço direito, porque justo o direito? Adeus lorinhas maravilhosas… KEN! ME AJUDE! ESTE MUNDO DEPENDE DE VOCÊ! (Uma frase que engloba todo o problema daquele universo paralelo).

[COMENTÁRIO DO ALCH : Cara, … (Pausa dramática de 10 segundos) … mas que coisa clichê.]

Kenshiro: Vou te vingar meu amigo! …(Novamente uma pausa de 10 segundos)… Nossa amizade foi meio rápida demais né não?

Majin: É verdade né. HAHA CARA, EU TO SANGRANDO MUITO, DÁ PRA ME AJUDAR EM VEZ DE FICAR USANDO FRASE DE EFEITO?

Kenshiro: Estou indo!

Narrador: Em um só chute (destaque na chuteira da marca KICHUTE do Kenshiro), a cabeça do gigante explode e de dentro dela sai uma arma de cor branca.

Kenshiro: O que é isto?

Majin: Uma Portal Gun, isso é uma portal Gun! Isso irá me salvar aperte o gatilho do portal azul!

Kenshiro: Esse aqui?

Narrador: Logo depois de puxar o gatilho, abre-se um portal em uma parede toda destruída.

Majin: Muito obrigado Ken! Vou sempre me lembra de você, você é um grande homem.

Kenshiro: Muito obrigado Majin, até mais, boa sorte com as loirinhas!

Majin: CALMA AÍ? VOCÊ OUVIU AQUILO?

Kenshiro: Claro que não…

Narrador: Majin entra no portal e se vê dentro de um apartamento com uma esfera grande e preta.

Majin: Calma aí, isso é… O GANTZ? Calma aí, isso tá ficando um uleie, ufue, fuzuê, é isso ai, um fuzuê e tudo isso ai. Eaí, que que eu faço agora?

Narrador: Intrigado, Majin olha em sua volta e localiza rostos conhecidos, e também muito extranhos.

Fair: Eae Majin, você também morreu?

Majin: Fair!? Claro que eu não morri. Ah, só perdi o braço, nada demais.

Cabeça: Aham, só o braço, quando você perder o pênis quero ver você falar isso.

Majin: Calma aí, Cabeça? Não força né.

Fair: Ouçam! A música começou.

A lua me traiu!
Acreditei que era prá valer
A lua me traiu!
Fiquei sozinha
E louca por você..

Ah Ah! Ah Ah!
Não consigo te esquecer
Ah Ah! Ah Ah!
Apaixonada por você…

[Comentário do Alch: Cara, é sério, isso já passou do ridículo há muito tempo, agora só me falta falar que vai trocar de música e começar um batidão.]

Drih: Aqui é a rádio, “PUTZ, PORQUE EU OUÇO ISSO?”. É, agora vamos com o nosso negão favorito, MC CATRA com “Mama Eu”. É isso aí novinhas, até mais! (Se ouve de longe a voz da Drih) Pôh, o que eu não faço pela faculdade…

Narrador: E começa a música seguinte.

Que delícia

Mama eu , mama eu , mama mama mama eu

Novinha tu me fascina
Você é uma delicinha
Você me deixa loucão
Quando usa essa boquinha

Vai tão fica de joelho bota a mão na
Minha cintura do jeito que prometeu
Me olha nos olhos e

Mama eu mama eu mama mama mama eu

[Comentário do Alch: Gente, sério mesmo, eu acho que to com um certo distúrbio. É… vai achando que as coisas não podem piorar…]

Majin, Cabeça e Fair: AGORA SÓ FALTA UM  “AI SE EU TE PEGO”…

Drih: E agora a mais pedida! “AI SE EU TE PEGO”!

Majin, Cabeça e Fair: PORQUE A GENTE FOI FALAR ISSO?

Narrador: Mas, o som logo para e na esfera negra aparece uma foto.

Cabeça: Calma ai? Esse não é o Ricky? Como assim?

Majin e Fair: Finalmente vou poder matar esse cara!

Narrador: Uma mulher logo ao fundo, sai do meio do escuro.

Kula: RAPAZES! Ele é meu…

Majin, Fair e Cabeça: Pode matá-lo, só que nós queremos uma “casquinha”.

Kula: Hum, só um pouquinho.

Narrador: Todos se vestem e se equipam. Logo depois começam a ser teletransportados. Quando todos são finalmente mandados, eles tem um incrível imagem.

Todos: PUTA QUE PARIU. ISSO É UMA… SAUNA GAY?

Ricky: Claro que não né…

Todos: Ahh tá, vamos acreditar que sim.

Ricky: O que vocês vieram fazer aqui?

Todos: MATAR VOCÊ!

Ricky: Pera aí, não é só a Kula que quer me matar?

Kula: Eu só tenho a obrigação de te dar o golpe final.

Ricky: Então tá, caí dentro!

[Observação: Pra quem não sabe, o Gantz recuperou o braço perdido do Majin]

Narrador: Depois de uma luta com muito sangue e membros arrancados (Nenhum pênis até o momento), Kula vai dar o golpe final.

Kula: MORRA, SUA PESTE DO CAPETA!

Ricky: Calma, na moral, capeta não, por favor, repita comigo: Tinhoso, TI-NHO-SO.

Narrador: Do nada, aparece uma sombra branca como a nuvem.

Rodz: Ahh não seu narrador, esse aqui é só o meu algodão doce e o efeito daquela luzinha de LED ali atrás.

Narrador: Okay, então, o senhor Padre Rodz surge!

Rodz: Alguém falou em CAPETA ai?

Kula: O Ricky esse maldito. Senhor Rodz, pode ir descansar, porque esse aqui, JÁ ERA.

Rodz: Okay minha filha, que Deus esteja convosco!

Todos: AMÉM!

[Comentário do Alch: Amém!]

Kula: Sem mais delongas, MORRA RICKY, SEUFIUDUMÃE!

Ricky: NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO. Calma, espera um pouquinho, deixa eu pensar em uma outra frase para minha morte, essa é muito clichê.

Kula: FALA LOGO!

Ricky: Não queria morrer pelado em uma sauna. Adeus!

Narrador: Kula corta a sua garganta como se fosse hipoglós passado na bunda de nenê. Logo em seguida, eles são mandados de volta para Gantz.

Todos: ALELUIA!

Narrador: Logo começa a pontuação, mostrada na esfera negra.

Majin: “AI SE EU TE PEGO 1 – MUITO SAFADO, VIU UMA LOIRINHA NA SAUNA, POR ISSO PERDEU O BRAÇO E A PERNA – PONTUAÇÃO – 10 DE 100. FALTAM 90 PONTOS”. Cara que mentira, só dei uma olhadinha, SÓ UMA!

Cabeça: “AI SE EU TE PEGO 2 – UM IDIOTA, POR CAUSA DA CABEÇA MUITO GRANDE, PERDEU O EQUILIBRIO E QUEBRO A COLUNA – PONTUAÇÃO – 20 DE 100. FALTAM 80 PONTOS”.  Não tenho o que comentar, porque sei que isso é verdade, eu aceito.

Fair: “ AI SE EU TE PEGO 3 – PAROU NO MEIO DA LUTA PARA FILMAR O SEU VLOG, NESTE MOMENTO PERDEU A ORELHA DIREITA. PONTUAÇÃO – 5 DE 100. FALTAM 95 PONTOS”. Droga, ser vlogueiro é complicado…

Kula: “COSPLAYER LOUCA – MESMO LUTANDO COM COSPLAY, CONSEGUIU ARREGAÇAR O ALIENÍGENA – PONTUAÇÃO – 40 DE 100. FALTAM 60 PONTOS”. EU NÃO SOU LOUCA, TÁ?

Narrador: Em um excesso de raiva, Majin, que já havia percebido, logo abre a boca e fala tudo de uma vez.

Majin: Tá demais né THE BOSS, eu sei que tudo isso é você, pode me levar de volta pra sala do Departamento? Eu já estava trabalhando, não precisava fazer tudo isto.

Narrador: Depois dessas palavras um laser sai da esfera preta e o manda, partícula por partícula, de volta para a sala do departamento.

Majin: THE BOSS, eu fui um dos únicos que sempre trabalhei, não precisava disso tudo.

THE BOSS: EU SEI MAJIN, MAS FOI PRA MOSTRAR PARA ELES QUE TUDO ISSO FOI SÓ UM EXEMPLO DO MEU PODER, PARA VOCÊS FICAREM ESPERTOS E NÃO FICAREM SEM FAZER NADA NO DEPARTAMENTO.

Majin: Eu entendi, só que acho que não precisava.

THE BOSS: NÃO RECLAME MAJIN, JÁ PASSOU. AGORA TODOS VOCÊS SUBAM PRA CIMA E VÃO EMBORA, POR HOJE É SÓ.

Janjão: É THE BOSS, na verdade não se pode dizer…

Todos: CALA BOCA  JANJÃO!

Janjão: Ok…

Narrador: Assim tudo acaba. Todos vão para as suas casas, para que no dia seguinte voltem para essa mesma sala, só que sem café.

Todos: RICKY, OU VOCÊ COMPRA UMA MÁQUINA DE CAFÉ NOVA, OU VOCÊ MORRE.

Ricky: AAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH! OK.

Majin: Morre? De novo?

Seiji: Espera ai, alguém falou de loirinhas gostosas?

Todos: SEIJI, VOLTA A DORMIR!

Seiji: Tudo bem, to com sono mesmo.

THE BOSS: NÃO GOSTEI DA SUA NARRAÇÃO, SENHOR NARRADOR. AGORA É A SUA VEZ DE PARTICIPAR DESSA MINHA BRINCADEIRA! QUAL MUNDO EU ESCOLHO PARA VOCÊ?

Narrador: NÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!

FIM!

Comentários

  1. Estou impressionado com tanta merda que eu falo, só isso mesmo.
  2. É gente, foi bem legal fazer isto, não sei como consegui digitar tanto assim. Espero que todos consigam ler!
  3. Foi realmente divertida essa maratona, eu consegui fazer, milagrosamente, a minha parte então muito obrigado para quem leu todas as nossa matérias!
  4. (Para não perder o costume) Fullmetal é foda!
  5. Uma observação, eu não mistura japonês com português, que nem no texto do Ricky…
Comente

Sobre Alchemist

Alchemist
Colecionador fanático de mangás, leio de tudo, mas prefiro um bom shonen. Fã da Shonen Jump e sou daqueles que prefere ler mangás a assistir animes. Curto jogar Xbox, um pouco no Pc e sou adorador da saga Max Payne. Não vou digitar que eu sou fã de Fullmetal.

2 Freaks estão discutindo o assunto. Participe Tambem.

  1. Loirinhas Gostosas hehe. Gostei do seu texto, referencias fodas, mas algumas eu nao peguei ^^
    Valew pelo texto, Alch.

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*