Game Retail #008 – Brasil nos games

Já faz algum tempo que estamos ouvindo falar que o Brasil é uma futura potência na economia e, no mercado de games, a coisa está bem parecida, sendo que hoje em dia o Brasil figura entre os países com maior potencial de crescimento no mercado.

Alguns estudiosos já ousam dizer que, em pouco tempo, o Brasil ultrapassará a Europa, tornando-se o segundo maior da América Latina (lugar hoje ocupado pelo México) e o terceiro maior mercado de games do planeta, atrás apenas dos Estados Unidos e do Japão. Tem gente que diz que o Brasil só não está nesse patamar ainda por causa de alguns empecilhos como alta carga de impostos.

Games

Sei que pode parecer pretensão demais dizer algo desse tipo, mas pela de um tempo para cá, podemos perceber que é verdade, as grandes empresas de videogame realmente estão de olho no nosso país.

De alguma forma, os brasileiros estão começando a perceber que nem sempre a falsificação é o melhor caminho e estão começando a comprar produtos originais (mesmo vindo para o Brasil de maneira ilegal e burlando as taxas altíssimas de importação), o que provavelmente ajudou muito a chamar a atenção para cá.

Hoje já podemos ver jogos traduzidos para o português (poucos, é claro, mas a situação é bem melhor do que há três anos atrás), como é o caso de Mortal Kombat ou Fifa, além de eventos de lançamento de jogos e consoles, campeonatos e demonstrações.

Também já existem sistemas online das empresas de videogame em português, vendendo jogos e aplicativos para os consoles com preços em reais e aceitando cartões nacionais, como a Playstation Network ou o e-shop, do Nintendo 3DS.

Games

E, já especula-se até a montagem de consoles de grandes empresas no Brasil, como já houveram boatos de que a Microsoft se aproveitaria do mercado consolidado que tem no país para montar seus consoles aqui (mais precisamente na Zona Franca de Manaus) e vendê-los à um preço incrivelmente mais barato que os concorrentes (algo que realmente já está demorando para acontecer).

Além disso, algumas empresas já mencionaram o interesse no país, como é o caso da Nintendo, que só não está no Brasil em peso por que os impostos do nosso país tornam o negócio inviável (o que é a mais pura verdade).

Games

Então, que o mercado continue assim, a caminhar (mesmo que devagar) para um reconhecimento do público brasileiro. Continuem incentivando o mercado, participem de comunidades internacionais de games, nós temos chances de um dia ter privilégios tão bons quanto os americanos, europeus e japoneses (e esse dia está próximo).

Até a próxima! Com mais informações sobre o mundo dos games

RANDOM COMMENTS:

01 – Galera, enquanto não temos casts devido a maratona, leiam e comentem as colunas!! ^^
02 – Desculpa ter demorado tanto para postar, estava com alguns probleminhas e outros projetos tomando mais tempo do que o imaginado… Mas estou de volta!
03 – Tenho jogado muito ultimamente. Estou cada vez mais viciado em games… Acho que logo logo não serei mais apenas um jogador casual que escreve colunas sobre games! xD
04 – Ouvi dizer por aí que houve uma pesquisa falsa dizendo que quem usa o IE tem o QI mais baixo… Ainda bem que comprovaram que era uma pesquisa mentirosa… Mas, só pra constar, estou a meia hora tentando colocar imagens na postagem no Firefox e não obtive sucesso, mas no IE o WordPress funcionou…
05 – Comente muito!

 

Comente

Sobre Anime Freak Show

Durante esses mais de 3 anos, muitas pessoas passaram pelo site, algumas não estão mais, mas suas postagens continuam aqui!

3 Freaks estão discutindo o assunto. Participe Tambem.

  1. Eu não sou um gamer mas parece que esta melhorando mesmo o mercado de jogos no brasil!Espero que cressa muito.

    PS:Eu pressiso de um podcast.Eu jà entrei em estado de frenessi
    Não aquento mais escutar os cast antigos
    Não to conseguindo sequer assistir anime direito.

    • Esqueça os jogos e vá estudar, não sabe nem o básico do português =/ .

      • A ultima vez que joguei foi em 14/02/2011
        e você ainda quer que eu pare de jogar

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*