Game Review: Monster Hunter Tri

Olá pessoas, aqui é o Goezinho e essa é minha coluna de reviews games. Espero que todos gostem e comentem sobre os jogos que vocês gostariam que eu revisasse, então sem mais delongas vou começar a review.

O jogo dessa semana é o mais novo gigante do Nintendo Wii, o esperado Monster Hunter Tri, a série de jogos Monster Hunter começou no Playstation 2, mas não fez sucesso e se tornou exclusiva do PSP, mas a Capcom decidiu testar como a franquia venderia fora do mundo dos portáteis e decidiu utilizar o Wii para seu primeiro lançamento em um console atual, a mistura de coleta de itens com lutas envolventes transformou o jogo em um MMO simples.

Monster Hunter

História

A história começa com um Hunter iniciante que aceita o trabalho do chefe de uma vila distante do continente. Nessa ilha havia terremotos freqüentes que eram causados por um monstro marinho chamado de Lagiacrus, o Hunter tenta vencer a besta, mas percebendo que não conseguiria desiste e logo após a batalha começa a treinar para poder vencer o monstro. O plot é bem simples, mas consistente o que da ao jogo uma enorme de possibilidade de variações na ordem em que o jogador completa as missões.

Gameplay

Monster Hunter

Durante o jogo cinco tipos de armas podem ser usadas tanto as clássicas, como espadas e marretas, quanto às inovadoras, que são os três tipos de bestas e o machado – espada, o que torna o jogo divertido e muito maleável. No modo sigle player existem quinze monstros principais, mas ao jogar on-line três novos monstros podem ser encontrados, a possibilidade de se conectar com pessoas de todo o mundo para realizar caçadas em grupo eleva o jogo a um nível que é dificilmente visto atualmente. No entanto vários fatores subtraem a qualidade do jogo, um deles é a câmera porque freqüentemente o jogador se encontrará em uma situação onde não pode ver o monstro graças ao horrível posicionamento da câmera, outro fator que diminui a qualidade do jogo é a grande quantidade de Loadings presentes nas missões, toda a vez que o jogador quer mudar de área existe um Loading.

Opinião Final

O jogo é ótimo e eu recomendo para qualquer um que possua um Nintendo Wii, embora alguns fatores possam prejudicá-lo a sua ótima qualidade gráfica, somada a um plot simples, mas consistente, uma grande quantidade de armas, uma enorme quantidade de “alvos” com um mínimo de 35 horas de diversão são o suficiente para vencer qualquer defeito.

Monster Hunter 

Comente

Sobre Goezinho

Pokémon... Games... Romances... E tudo que há de pervertido... Esses foram os ingredientes randomizados pela minha mãe para criar o filho que viria a ter, porém, aos 14 anos, foi acrescentado um ingrediente extra na mistura, o ANIME FREAK SHOW, e assim nasceu o ser conhecido como Goezinho, que utilizando seus poderes de amante de romances, ecchi e também sua voz, que COSTUMAVA ser inconfundível, batalha para criar conteúdo de qualidade para um Podcast que significa o mundo para ele.

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*