Little

Graças ao Kickstarter, Little Witch Academia Ganha Continuação

Witch

O curta-metragem Little Witch Academia foi ao ar no Youtube em Março deste ano e rapidamente atraiu cerca de 600,000 visitantes, instantaneamente colocando o estúdio Trigger no radar de otakus ao redor do planeta.

Os empreendedores donos do estúdio resolveram usar o Kickstarter, um serviço que transforma a ansiedade de fãs em dinheiro através da mágica do crowd funding.

Na história de Little Witch Academia uma garota chamada Akko se matricula em uma escola e sai em aventuras com suas amigas bruxinhas para lutar contra o mal. É basicamente o cenário hipotético no qual Hogwarts seria uma escola apenas para garotas, mas de qualidade e bem menos pornográfico do que a premissa no faz acreditar.

Claro, Little Witch Academia está cheio de clichês de animê e gêneros de fantasia, incluindo as garotas bonitinhas e nomes esquisitos (Shiny Chariot… Carruagem Brilhante), mas os fãs adoraram.

Se você ainda não teve a chance de assistir ao OVA, aqui está:

http://www.youtube.com/watch?v=9qPMoH3-vvs

Ansiosos pra ver o que acontecerá com Akko e suas peripécias, fãs imploraram ao estúdio que eles fizessem uma continuação independente dos meios. Muitos sugeriram Kickstarter, uma idéia à qual o estúdio prontamente aderiu, mas os resultados da campanha – que alcançou a meta de 150,000 dólares em menos de 5 minutos após anunciada – pareceram bruxaria. Em pouco tempo a campanha conseguiu 625,000 dólares, alcançando a chamada “meta de extensão” – que garantiu que doadores receberiam ainda mais coisas, tais como art books e trilhas sonoras.

Academia

A campanha já acabou, mas se você quiser ver o pitch da equipe no Kickstarter, divirta-se.

Fonte:Rocket News 24

Via:Matome Naver

Imagem:Estúdio Trigger

Comente

Sobre Narrador

Narrador
Sou um apreciador de vídeo jogos, animação e cultura japonesa. Estudante de jogos, dublador amador, vendedor e amante de literatura, traduzo notícias em meu tempo livre para manter o público atualizado no mundo da animação japonesa, e por vezes escrevo artigos próprios.

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*