“Guia Mangá”: a forma divertida de aprender

Olá visitante, eu sou a Aniere e estarei dando uma dica de leitura de mangá que todo estudante otaku gostará de ter na biblioteca de sua escola ou universidade. Sim, na biblioteca, pois se trata de um mangá didático!

Há algum tempo nosso colunista Raito publicou uma ótima matéria falando sobre como animes e mangás podem ensinar, se não viu clique aqui. . Ao concluir seu texto ele deixou uma consideração muito importante: “Talvez o que falte para o Brasil crescer no quesito educação seja uma forma divertida de se aprender, e nós sabemos que mangás e animes podem ser muito divertidos!”

Acontece que já foi dado um passo rumo a este ideal de educação, trata-se da coleção “Guia Mangá” da Editora Novatec . Atualmente contando com 10 títulos (que podem ser vistos na seção “Mangá” do site da editora), esta coletânea de livros têm o ensino de matérias científicas através da linguagem mangá.

O otaku desavisado que abrir uma página qualquer de um “Guia Mangá” irá ter uma surpresa, porque estará vendo um mangá em sua essência. Não se trata de um livro didático entediante com textos enormes e de vez em quando permeado por ilustrações cujo traço lembra o mangá. Mas sim de um mangá de verdade, com personagens típicos das histórias que estamos acostumados interagindo num enredo que gira em torno da compreensão da matéria que é tema do guia. Veja abaixo duas páginas de um dos primeiros livros lançados pela Editora Novatec.

IMG 01

Estas páginas fazem parte do primeiro capítulo do “Guia Mangá de Cálculo Diferencial e Integral”, que pode ser lido na prévia em formato PDF no próprio site da editora ou clicando aqui.

IMG 02

O modo de leitura é o ocidental, porém, todos os outros elementos são tipicamente do quadrinho oriental. Sejam os personagens em suas reações caricatas de bocas enormes cercados por kanjis de surpresa (todos com as devidas anotações no cantinho da página explicando sua tradução), ou as referências à cultura japonesa (também com explicações básicas para os iniciantes), ou até mesmo as situações cômicas e clichês dos enredos de mangá que sempre nos diverte, qualquer um destes pontos fazem dos livros “Guia Mangá” uma forma realmente divertida de aprender sobre uma matéria.

Muitas das matérias tratadas nos guias são vistas com profundidade nos cursos de ciências exatas na faculdade, porém algumas delas têm seu conteúdo tratado nos colégios, principalmente no ensino médio preparando para vestibular. Afinal de contas, quem nunca precisou aprender as Leis de Newton para uma prova de física? O Guia Mangá de Física Mecânica Clássica pode ajudar. Ou compreender como funcionam as funções de segundo grau para um teste de matemática? O Guia Mangá de Cálculo Diferencial e Integral será uma luz no fim do túnel. Ou mesmo teve a curiosidade de saber o que é a tal Teoria da Relatividade de Einstein que todo mundo cita? É o Guia Mangá Relatividade que irá finalmente te explicar.

Como disse antes, a coleção conta agora com 10 títulos, sendo eles:

  • Guia Mangá de Banco de Dados (224 páginas / 2009)
  • Guia Mangá de Eletricidade (224 páginas / 2010)
  • Guia Mangá de Estatística (224 páginas / 2010)
  • Guia Mangá de Física Mecânica Clássica (248 páginas / 2010)
  • Guia Mangá de Biologia Molecular (240 páginas / 2010)
  • Guia Mangá de Cálculo Diferencial e Integral (256 páginas / 2010)
  • Guia Mangá Relatividade (192 páginas / 2011)
  • Guia Mangá Bioquímica (272 páginas / 2012)
  • Guia Mangá Universo (256 páginas / 2012)
  • Guia Mangá Álgebra Linear (264 páginas / 2012)

Ao acessar o site da editora, podem conferir todas as informações da coleção como nome dos autores, sumário com os conteúdos abordados e até ter uma experiência inicial da história de cada mangá com os arquivos preview disponibilizados online.

A coleção “Guia Mangá” é a prova definitiva de que não existe matéria difícil, só formas não-divertidas de abordá-la. Agora é dever de todo otaku que sabe da existência desses livros divulgar entre colegas e professores, assim estaremos fazendo nossa parte para melhorar a educação.

Ao final deste artigo só deve restar uma dúvida na sua mente: Qual “Guia Mangá” você irá querer ler primeiro?

 Até mais e beijos pra quem lê =***

 

Comente

Sobre Aniere

Aniere
Alguém com pouco tempo livre e muitas ideias que dificilmente seriam publicadas. Porém de vez em quando algumas delas se salvam e ganham a net.

3 Freaks estão discutindo o assunto. Participe Tambem.

  1. Eu tenho o guia mangá Banco de dados, e o de estatística, muito bons e divertidos!

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*