jwaysamurai

J-WAY – Samurais : O Poder da Espada e da Honra

Yo mina, tudo bem com vocês?

Para complementar um pouco o cast sobre o live de Rurouni Kenshin, irei abordar um pouco sobre o tema Samurais aqui com vocês hoje.

Quem eram? Por que sumiram? Quais seus ideais?

Se não sabe ou se gosta desse tema venha conosco nessa viagem de lealdade e honra, acima de tudo.

Um pouco de história.

Samurai_by_thequickbrownfoxOs samurais surgiram por volta do século VIII e ocupavam a mais alta classe de status social durante o governo militar japonês, conhecido como Xogunato.  Desde pequenas, os jovens eram treinados no “Caminho do Guerreiro”, mais conhecido por “Bushido”.

Eles inicialmente possuíam a função de coletores de impostos, pois às vezes os camponeses não ficavam muito felizes com os abusos do governo e era preciso homens fortes e treinados para manter a ordem.  A palavra “Samurai” significa “Aquele que serve”, portanto o dever primordial dos samurais era o de servir ao Imperador, com total lealdade e honra, recebendo em troca alguns privilégios, tal como terras ou pagamentos. Com o tempo a função dos samurais assumiu um caráter mais militar, botando-os em campos de batalhas e sendo temidos por muitos.

A relação de suserano e vassalo dos samurais era parecida com a da Europa Medieval, onde os cavaleiros juravam lealdade aos seus senhores feudais, porém o que diferenciava muito era o modo que os samurais seguiam seus códigos de honra e ética.

Os Bushi (Guerreiros Samurai) carregavam duas espadas na cintura, uma Wakizashi (Espada Curta de 40 cm) e a mundialmente conhecida Katana (com 60 cm). Porém se engana quem pensa que os samurais usavam apenas espadas para lutar. Eles eram mestres nos uso do arco e flechas, bastões, lanças, Kusarigama (foices e correntes) e outros tipos de armas.

Tudo isso aliado ao código de honra do Bushido, transformavam os samurais nos mais letais guerreiros da antiguidade, segundo pesquisadores, pois em campo de batalha eles não possuíam medo ou covardia. A morte era uma forma de gravarem seus nomes na história e perpetuarem suas existências. A honra, como já havia dito anteriormente, era o ensinamento principal seguido pelos samurais, tanto é verdade que quando era derrotado em batalha ou tinham seus nomes desgraçados por algum outro tipo de erro eles efetuavam o Sepukku (também conhecido como Harakiri).

samuraiEsse ritual de suicídio consistia em enfiar uma pequena espada no lado esquerdo do abdômen e ir a puxando para cima, provocando uma morte lenta e dolorosa, o que servia para pagar pelo fracasso cometido. O samurai devia mostrar total alto controle diante da situação, pois existiam testemunhas assistindo ao ritual e para garantir que a honra fosse preservada no caso do menor sinal de fraqueza, um familiar ou amigo ficava próximo para lhe decepar a cabeça caso fosse necessário.

Mas nem só de batalhas e mortes viviam esses guerreiros.

Eles possuíam muitas outras habilidades, como artes e a alfabetização, que era obrigatória. Muitos deles eram poetas, pintores, escultores, calígrafos e praticavam a arte do Ikebana (Arranjo Floral) e Chanoyu (Arte do Chá), pois tudo isso também era considerada uma arte marcial levando-se em conta que treinavam as mãos e mente dos samurais.

Já que toquei no assunto artes marciais, aí está uma herança que os samurais nos deixaram até os dias atuais. O Kobudo (estilo de combate criado pelos samurais) se dividiu em várias especializações de armas e técnicas. Algumas mais conhecidas são o Kenjutsu (arte de combate de espadas), Iaijutsu (arte de desembainhar a espada em combate), Naginatajutsu (lutas com alabardas). Yarijutsu (arte da lança) e Jojutsu (uma variação do Taijutsu, combate corpo a corpo). Essas artes ganharam uma versão mais moderna chamada Gendai Budô, como por exemplo, o Kendô e o Judô, que são praticadas hoje em dia muitas vezes se complementando com as antigas artes originais.

Agora uma pergunta a todos vocês. Sabem quem foi o samurai mais famoso de todos os tempos?

Não, não foi Kenshin Himura, e sim Miyamoto Musashi (1584-1645).

Ele era um camponês que virou guerreiro e ganhou destaque na batalha de Sekigahara, que marcou o início da Era Tokugawa no Japão. Após isso ele venceu Sasaki Kojiro e o clã Yoshioka, o que o fez se tornar muito famoso.

Mas e o fim? Quando chegou para os samurais?

samurai_with_bow_on_horse_by_mycks-d327i0eCom a Restauração Meiji, os samurais começaram a entrar em declínio e quando o Imperador novamente subiu ao poder dando fim à Era Edo, eles tiveram a sua classe social abolida. Com isso muitos samurais passaram a trabalhar para o governo e viraram burocratas e o porte de espadas passou a ser proibido para aqueles que não estavam a serviço do estado.

Agora uma curiosidade que muitos não sabem.

No dia 24 de abril é comemorado em alguns lugares aqui do Brasil o Dia do Samurai, que foi instituído em homenagem ao Sensei Jorge Kishikawa, que difundiu as artes tradicionais dos samurais aqui no nosso país. Essa data é parte oficial do calendário da cidade de São Paulo, Ribeirão Preto, Brasília, Piracicaba, Campinas e Guarulhos e nos estados do Amazonas, Paraná e Santa Catarina.

Para aqueles que querem se aprofundar mais no assunto recomendo algumas leituras, tais como “Hagakure – O Livro do Samurai” e “Shin Hagakure – Pensamentos de um Samurai Moderno”, ambos lançados no Brasil no ano de 2004. E é claro, assista animes e leia mangás com esse tema. Rurouni Kenshin, Lobo Solitário, Blade: A lâmina do Imortal, Samurai Champloo, Afro Samurai e Vagabond são apenas alguns dos títulos que você pode usar para aprender um pouco mais sobre esses honrados e bravos guerreiros.

Bom, por enquanto é isso pessoal.

Espero que tenham gostado e já sabem, deixem seus comentários, divulguem e o principal, se divirtam conosco!!

Itekimasu!

 

 

 

Comente

Sobre Raito

Raito
Podcaster e editor de áudio, gamer casual, viciado em tecnologia, animes, mangás e cultura japonesa em geral. Gêneros preferidos são comédia, suspense e ação. Excluiu o Shoujo água com açúcar de sua vida e hoje é uma pessoa mais feliz.

7 Freaks estão discutindo o assunto. Participe Tambem.

  1. Muito bom o texto!
    Parabéns!

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*