Lendas Japonesas 01 – Kappa

Olá, pessoas bonitas, aqui é o Joe e estou trazendo uma nova coluna para vocês. Como já diz o título, a função dos textos será trazer um pouco de informação sobre o mundo das lendas e mistérios da mitologia japonesa. Hoje, para estrear com o pé direito, falarei sobre um ser ambíguo da mitologia japonesa e um dos mais conhecidos entre nós ocidentais: O Kappa.

Kappa Esse youkai anfíbio, segundo a lenda, é conhecido por viver em rios e lagos apesar de poder se deslocar para o solo quando for conveniente. Sua aparência é uma mistura de vários animais, tendo uma pele escamosa verde, casco nas costas, rosto de macaco e possuir uma estrutura côncava no topo da cabeça que deve estar sempre cheia de água para conservar seus poderes mágicos e superforça.

Por que desconfiar dos Kappas

Kappa

Nem tudo são flores quando se trata desse youkai. O prato preferido do Kappa são vísceras e sangue humano. Portanto, esteja sempre atento e não se deixe enganar pela sua aparência frágil e estatura de criança.

Como se defender deles

Kappa

 

Quando fora da água, sua fonte de poder concentra-se totalmente na pequena quantidade de água armazenada no topo de sua cabeça, sendo assim, se você seguir o modo japonês de etiqueta ao cumprimentá-lo (abaixar e levantar diversas vezes a cabeça) a água eventualmente cairá da estrutura em sua cabeça, dando margem para um ataque corpo-a-corpo, já que este não tem mais poder algum.

Mas cuidado! Se estiver munido de uma Katana, cortar fora os membros desse espírito anfíbio pode não ser uma boa ideia, se colocados novamente no lugar do ferimento, este tende a cicatrizar deixando o oponente pronto para a ação novamente.

O pepino do Kappa

Kappa

Sim, além do seu precioso sangue e vísceras, outro dos seus pratos prediletos é o pepino. Na verdade além de um mero alimento, ele pode ser uma poderosa arma para nós, fracos humanos. Diz a lenda que se você talhar o nome de alguém na casca do pepino e joga-lo na água para os Kappas, o youkai que comê-lo será obrigado a jamais fazer mal a essa pessoa. Então essa é uma excelente forma de evitar o combate vergonhoso e desnecessário com esse ser na beira do rio.

Bem, agora que vocês já sabem como identificar e se defender dessa temerosa criatura mitológica, minha missão aqui já foi cumprida. Muito obrigado pela paciência de chegar até aqui no meu texto chato e comentem muito! (não deixem pra fazer isso apenas quando botarem em prática o que aprenderam nessa coluna)

P.S: Otaku também lê! Visite-nos e divulgue o trabalho do editorial caso gostem!

Comente

Sobre Joe

Joe
Otaku, Nerd, ex-gordo e projeto de escritor, gosta de animes de romance, One Piece e alcool. Tem uma leve preferência por garotas com peitos pequenos mas NÂO È LOLICON!

22 Freaks estão discutindo o assunto. Participe Tambem.

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*