Miyazaki Hayao é considerado traidor da nação

Dessa vez temos um caso de sensibilidade nacional com o nosso amado diretor.

Considerado pelo público e críticos como um dos mestres do cinema de animação japonesa, Miyazaki Hayao se envolveu em uma controvérsia recentemente ao criticar a vontade do primeiro ministro japonês, Shinzo Abe, de revisar a constituição do país, além de também querer que o Japão melhore as relações com a China e a Coreia do Sul.

As opiniões do diretor foram publicadas no periódico mensal do Studio Ghibli, Neppu, no qual afirmou: “Tentar mudar a constituição no meio do caos que nos encontramos é impensável”. Miyazaki também disse que revisar o artigo 96 da constituição japonesa, que regula as condições de revisão da mesma, é algo fraudulento. Continuando com suas ideias, Miyazaki também acredita que o Japão tem que se desculpar e compensar a Coreia do Sul pelo uso de suas mulheres como prostitutas durante a ocupação do país. Além disso, foi tocado também o assunto das disputas territoriais com a China.

O novo filme do Studio Ghibli, “Kaze Tachinu” tem como protagonista um jovem baseado em Horikoshi Jiro, um dos criadores do avião de guerra Mitsubishi A6M Zero e em meio ao clima do filme Miyazaki afirmou: “Historicamente todas as disputas territoriais foram resolvidas através da guerra. Para evitar que isso volte a acontecer, precisamos ter melhores relações com a China”. Essa atitude liberal do diretor, de querer que seu país admita aos crimes de guerra e que tenha relações de amizades com os vizinhos despertou a ira de alguns nacionalistas japoneses que xingaram muito no Twitter e no Yahoo!Japan:

“Status de traidor da nação confirmados”

“As ilhas Senkaku são território japonês. Até que a China aceite isso não podemos nos dar bem com eles. Estou realmente desapontado com o Miyazaki Hayao”

“Estou muito desapontado com você(Miyazaki). Por favor permita que eu lhe classifique como um traidor da nação. Volte a estudar história”

Fonte: Japan Crush

Comente

Sobre Lucas Cachoni

Himono-otoko, apreciador de cuttura japonesa, cerveja e doces. Vidrado em baseball, football e idols.

2 Freaks estão discutindo o assunto. Participe Tambem.

  1. Desde que não seja um comunicado oficial não há problema. A opinião de outras pessoas é realmente insignificante na minha opinião, acho que os fãs não vão se abalar com essa noticia.

    • Miyazaki sempre deixou a entender seu posicionamento nos filmes, mas falar abertamente assim é meio raro. Por isso gerou um bafafa na internet e tem também o grande movimento nacionalista japonês. Concordo que os fãs possivelmente não vão se abalar, mas tem muito japonês que ficou mordido com essa atitude dele. Coisa dos nacionalistas mesmo.

      E valeu por comentar.

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*