Review: Mushishi

“Existem coisas que mesmo não vistas, vivem ao nosso redor.”

“Nós as influenciamos? Eles nos influenciam?”

“Nós coexistimos.”

Mushishi
Mushishi

Hi Freakmaniacos, venho passar para vocês mais um review nesse mês de junho para aumentar a sua lista de animes pendentes no animelist, como o de costume. O anime desse mês, posso dizer que é recomendado assisti-lo num ambiente quente e aconchegante, como a sua cama nesses dias de frio e um chocolate quente bem gosto.

Vamos á ele?

Mushishi é um mangá seinen que possui como gênero uma mistura entre detetive e sobrenatural. Sua publicação foi entre 1999-2008 na Aftermoon(Magazine de Oh My Godness e Genshiken) pela Kodansha com 10 volumes encadernados, sido escrito por Yuki Urushibara e animado pelo estúdio Artland(Estudio de Reborn e de Legend of the Galactic Heroes) e dirigido por Hiroshi Nagahama(Diretor de Detroit Metal City) e tendo o anime, 26 episódios e 1 Live-Action.

Interessado? Então vamos ao que interessa XD

História
 Mushishi

Nesse mundo existe todos os tipo de seres vivos, desde os mais complexos, como o ser humano, até os mais simples como micro-organismos, mas ainda há seres que ainda são simples que eles, os que estão mais perto do surgimento da vida, eles são chamados de Mushi, mesmo eles não serem visíveis para muitos, eles influenciam a vida dos seres a sua volta trazendo muitas vezes complicações sobrenaturais para os seres a sua volta, os Mushi decidem se devem ou não ser vistos, mas alguns seres podem vê-los claramente.

Para alguns que podem vê-los, eles se profissionalizam para a pesquisa sobre Mushi e na contravenção da convivência deles, se for prejudicial, para outros seres, sendo chamados de Mushishi. Essa história se passa entre o Período Edo e o Meiji, onde personagem principal dessa historia é um deles, um Mushishi viajante, que vai de aldeia para outra oferecendo auxilio e assim a história vai continuando, com ele tratando pacientes que tem complicações por conviverem com Mushis.

Que tal falarmos um pouco dos personagens?

Personagens

Ginko
Mushishi
Um Mushishi excepcional que pelo seu poder anormal de atrair Mushis, se torno andarilho para não perturbar a vida dos seres vivos a sua volta. Ainda na sua infância, ele  foi treinado por um Mushishi para se proteger contra seu poder e restringir o máximo possível, para que não possa sofrer com as ações dos Mushis. Ajuda pessoas que sofrem complicações sobrenaturais causados por deles e pesquisa sobre todos os tipo de Mushis, vivendo assim por muito tempo.

Não existe mais personagens que se possa ser ditos, nessa lista, como fixos, pois como esse anime trata sobre os casos que aparecem para Ginko, todo o episodio é diferente do outro, e os personagens também, mas existem alguns personagens que aparecem algumas vezes, como o colecionador de Mushi, Adashino e um mestre Mushishi chamado Nui, mas digamos que num contexto geral, eles, no meu ponto de vista, não se tornam personagens fixos.

Que tal ouvirmos um pouco de música?

Aberturas e Encerramentos

The Sore Feet Song

Uma abertura muito bonita de se ver, a arte das arvores combinada com a melodia forneceu um plano de fundo para passasse uma sensação de uma viagem pela natureza. Eu nunca entendi o que a letra significava para o anime, mas ela não deixa de ser bonita unida com a melodia.

 No caso dos encerramentos, eles são únicos para cada episodio, são musicas feitas por Toshio Masuda, conhecido pelo seu trabalho na OST de Naruto. As musicas podem ser encontradas nos 2 álbums OST de Mushishi. Eu não quis colocar um delas, pois daria uma sensação que aquela que eu escolher, teria que ser a melhor delas, mas não sendo critico, decidi que é vocês que devem conferir todas os encerramentos e dizer qual a que você gostou, isso para aqueles que realmente se importam com encerramentos.

Opinião
Mushishi

Um das séries que se destacaram na sua época, Mushishi recebeu vários prêmios glorificando: o mangá, o anime e a staff responsável por ele, posso dizer que cada premio ganhado foi merecido, cada episodio, mesmo não tendo uma sequencia para eles, conseguiam criar uma atmosfera única que dava um toque sobrenatural, anbientalizando a história do respectivo episódio.

A arte do anime é um dos principais pontos do anime, a paisagem, os personagens, os Mushis, conseguiram atingir um ponto que mesmo você não sabendo o que se trata o anime, pela arte você consegue dizer que é sobrenatural, como se fosse uma sensação mística ao assistir o anime. Toshio Masuda conseguiu trazer, usando todo o seu arsenal de instrumentos clássicos japoneses, como o shamisen e o shakuhashi, o período do anime, vale a pena conferir a Ost do anime, para os que se interessam por Ost, é claro ^^.

Quando assisti esse anime pela primeira vez, me via encanto pela produção do anime(mesmo eu tido visto em mp4), foi bem nessa época que o assisti, nesse inverno congelante, nada melhor do que assistir um anime entre as cobertas da sua cama com as luzes apagadas, principalmente desse gênero de anime tido com uma narrativa mais lenta. Ficando mais confortável na sua cama, você consegue imergir mais facilmente no mistério que esse anime traz.

O anime segue um ritmo lento que se você não tiver no momento certo, não irá conseguir usufruir o que ele traz de experiência, além do fato que alguns não gostarem de uma narração mais lenta, como em Saraya Goyo, onde já ouvi gente falar que dormiu ao assistir o anime.

A série não tem continuidade nos seus episódios, por isso não tem um final fantástico como outras series de sucesso, posso dizer que o ultima história parecia que ia fechar o anime, mas foi um aprofundamento na história de Ginko, que por mais seja muito boa a ultima historia, não se equivale a um final de um anime com continuidade entre os seus episódios, o que pode desapontar um pouco as pessoas que tiveram esperança de um final épico.

Mas não ligue para isso, mesmo com esses defeitos e outros que vocês possam encontrar, ainda está um grande anime para ser assistido e admirado por vocês.

 Fansub e Links

Muito Obrigado a #AnimeTracker e a Omda pelo trabalho com esse anime.

E também pelos sites que disponibilizam ele:

AnbientMeikai AnimesKanzenanimesHyuugaSakuranimes

Para os interessados com o Live Action:

Live Action – Meikai Animes

Os links do Sendspace são os que estão funcionando.

Comentários

– Meu pé ta congelando…

– Espero que curtam esse anime, como eu curti, com cobertas e um travesseiro confortável ^^

– Vejam outras paginas de nosso site, mesmo que elas sejam antigas, ainda são uma boa leitura.

– Semana que vem, o Cabeça vai dar uma passada por aqui, para indicar um anime joia para vocês assistirem.

 

Comente

Sobre Majin

Majin
Sou um cavalheiro do seculo 19, em um grande corpo como Enma DaiOh, sou barbudo e adoro escrever, um exemplo de pessoa do nosso editorial.

14 Freaks estão discutindo o assunto. Participe Tambem.

  1. Nossa, é tão bom ver qualquer coisa a respeito de Mushishi, foi a primeira animação que me fez sentir um aperto no coração, eu assistia em uma padaria perto da casa da minha esposa no canal Animax, acompanhei até o ultimo capitulo, depois fui tratar logo de assistir com a dublagem original e me apaixonei completamente.
    Até os dias de hoje ainda é o melhor anime que existe e o melhor mangá que eu já li.
    É de um roteiro tão intrigante que deixa as produções atuais no chinelo… infelizmente ele não recebeu o valor que deveria receber, só foi adorado por um curto período e logo esquecido.
    O mundo da quadrinhos/animação japonesa é como um jardim cheio de trevos, milhões de trevos de três folhas comuns e iguais que faz você até perder a vontade de olhar para eles, mas de repente surge um trevo de quatro folhas único e lindo.

Grita Aqui!

Or

O seu Email não será publicado.Campos Obrigatorios estão marcados. *

*