Review

Comentários: RideBack

Sinopse: Em um mundo futuro onde uma organização chamada GGP tomou controlo do mundo, Ogata Rin era uma promissora dançarina de balé, mas sofreu uma lesão grave e decidiu parar. Anos mais tarde, na faculdade, ela se depara com um edifício do clube e logo se vê intrigado com uma motocicleta como veículo de transformação chamado Rideback. Ela descobre que suas habilidades de balé original com equilíbrio e fineza fazem ela uma corredora natural de Rideback. No entanto, essas mesmas habilidades também colocá-la em sérios problemas com o governo.

Gêneros: ação, drama, ficção científica.

Temas: mecha, Motocicleta.

Notas:

Design: Partes gráficas como títulos, textos, créditos. 8
Design 3D: Modelagem, arte final via 3D, a junção do 3D com o 2D.  10
Animação: Toda a parte de quadros, efeitos de animação (Poderes ou coisas do género). 9,5
Character Design: Toda a parte de ilustração e colorização(textura) dos personagens. 7,5
Cenário: Colorização, ilustração e animação do cenário.  9,5
Áudio: Qualidade na dicção e na emoção dos personagens, edição de áudio e áudio effects.  10
Roteiro e História: Maneira no qual o roteirista consegue lidar com a história, e transformação de algo baseado de outra obra como (mangá, game e etc…). 9
Arte Final: Direcção, edição do vídeo e renderização dos frames. 10
Broadcaster: Qualidade do canal de TV que conseguiu passar. 10

Depois de dias sem postar, gomen! Finalmente fiz algo… heheh~ Apos o break estão os pontos negativos e positivos.

Pontos Positivos:

Design 3D, um dos poucos animes que assisti e conseguiu muito bem colocar 3D e 2D num mesmo vídeo de uma maneira quase que perfeita. A Animação foi muito bem dirigida junto com a arte final e a exibição na TV, foi completamente HDTV sem upscale (como tem acontecido muito em certos canais UHF no Japão a.k.a. ATX/Animax e etc~). A qualidade de dublagem e a renderização da arte final estão certamente perfeitas, de todos os episódios que assisti a qualidade de iluminação sombra e coisas do gênero leva o telespectador ao delírio se você resolver assistir em uma TV com HDMI (meu caso).

Pontos Negativos:

O Design 2D de certas coisas como créditos ou até mesmo certas placas, e o relógio da personagem principal chegam a ser meio fracos pois acho que eles deveriam ter colocado um pouco mais de profundidade e realidade… Para quem assistiu Macross Frontier sabe bem o que estou falando com aqueles letreiros futuristas ótimos. Character Design está muito ruim simplesmente por causa do traço da animação… Como a própria personagem principal que você nota certas horas erros bem visiveis Ex: Pescoço alongado ou Pespectiva completamente nonsense. O Roteiro e História deveriam ser mais explorados esse anime no mínimo merecia duas temporadas todo o envolvimento da GGP leva a isso algo mais detalhado… E não algo contado em partes como aconteceu no anime inteiro, apesar de que se for contar que o anime não chegava a ser filosófico, pois é uma simples garota bailarina que exatamente do nada e ao acaso resolver andar numa Rideback.

Conclusão: O animes é bom não chega a ser ótimo, mas só pelos gráficos e certas partes da história vale a pena assistir.

Pessoal gostaria que vocês também o criticassem podem colocar aqui nos comentários sempre é legal compartilhar idéias.

Abraços, por KuroKi.

P.s: Todas as notas vão de 0 a 10
Mostrar mais

Artigos relacionados

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Comentario mais recente
Mais Comentados
  Se Inscreva  
Me Notifique
@jouninwh1t3
Visitante
@jouninwh1t3

Intao Kuroki…
Eu Asisti,+ Uma Do Estudio MadHouse.
Gostei +ou- do Anime, Porem Gostei do Fato Das Mecas Moto…Muito Maça
Já O Manga Nao Cheguei De Ler Não Cei C E Bom!
Acho Q O anime Devia D Evoluir Pra Pode “POWER” ex: C.G²
Chamar + atemçao com epsodeos a + E açao, com O Ingrediemte de Uma …
Ride Back dava pra c fazer Muito Melhor Do Q Foi Apresentado !

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar