Notícias

Hayao Miyazaki – “O Problema da Indústria de Anime São os Otakus”

É difícil imaginar o lendário diretor Hayao Miyazaki causando mais polêmica do que ele já causa. Mais de 95% da população japonesa já assistiu seus filmes, as pessoas vêem a idéia de subir um filme dele para a internet como uma forma de ganhar popularidade fácil, e existe até um corpo celeste nomeado em homenagem a ele. De fato, se observarmos a qualidade do trabalho dele  fica difícil de dizer que le não merece tanto respeito. O homem é claramente um gênio.

Porém, Miyazaki também é um idoso de 73 anos, e como muitos nessa idade, ele não consegue resistir o impulso de resmungar como aqueles que vieram após ele estão arruinando a indústria.

Uma série de capturas de tela de uma entrevista do diretor caiu na net. Nas imagens podemos ver ele rascunhando uma garota, enquanto fuma.

Conforme desenha, ele explica porque ele consegue fazer oque faz.

ms-1

ms-2

1.5em">Veja bem, você conseguindo desenhar assim ou não, ser capaz de pensar neste tipo de design depende se você pode dizer para si mesmo ‘Ah, sim, garotas assim existem na vida real.1.5em">‘1.5em">“

ms-3

1.5em">Se você não investir tempo assistindo pessoas reais, você não pode fazer isso, pois nunca viu.1.5em">“

ms-4

ms-5

1.5em">Algumas pessoas passam suas vidas interessadas apenas em si mesmas.1.5em">“

ms-7

1.5em">Quase toda animação japonesa é feita com base mínima na observação de pessoas reais.1.5em">“

ms-8

1.5em">É produzida por humanos que não aguentam olhar outros humanos.1.5em">E é por isso que esta indústria está cheia de otakus!1.5em">“

De certo modo, é óbvio que a indústria de animação japonesa é em grande parte composta por otakus, sendo que o termo se refere de forma genérica a pessoas que realmente gostam de anime.

Ao mesmo tempo, é difícil de discutir com a crítica do diretor  a otakus com relação a conotação pejorativa que o termo possui, de uma pessoa que falha em engajamento social e experiências de vida realizadoras. Considerando a forma como os personagens de seus filmes tem feito sucesso com audiências a décadas, as palavras de Miyazaki definitivamente possuem crédito.

Fonte: RocketNews24

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

67
Deixe um comentário

avatar
63 Comment threads
4 Thread replies
0 Followers
 
Comentario mais recente
Mais Comentados
  Se Inscreva  
Me Notifique
Ramon Rodrigues Marques
Visitante

Pedro Felipe Aquino melhor cometário..

Thiago de Medeiros
Visitante

Otaku, no Japão, é uma pessoa que simplesmente não faz literalmente mais nada na vida, exceto ficar trancado em um quarto assistindo animes.
Esqueceram de dizer isso, a matéria ficou um pouco… sensacionalista.

Davi Souza
Visitante
Davi Souza

Fiio anime la é a mesma coisa q futebol aki nein todos gostam entende? aki tem os viciados em futebol q a midia promove mais nao sao todos q idolatram futebol a mesma coisa é os animes la

Lucas Kenji Mizuguchi Martins
Visitante
Lucas Kenji Mizuguchi Martins

hurr durr baka
Tenho vergonha do cenário "otaku" aqui no Brasil ¬¬'. Sinceramente gostar é uma coisa, tornar isso uma vida é outra. Nenhum familiar meu é assim, até meu tio que mora no Japão é otaku '-'
Não sei até onde isso vai chegar, mas o pessoal ainda não caiu na real

Lui Carlo Pedrozo
Visitante
Lui Carlo Pedrozo

no ocidente adotamos o termo otaku para denominar o fã de animes e mangás, mas no japão é um termo usado para definir alguém não só fanático por algo, mas seriamente doente (por qualquer coisa) sem diferenciar o real do imaginario

Tulius Alves
Visitante

Diogo Lima entendi beleza.Na verdade anime não deveria ser tratado como "anime" ou "desenho" ou como coisa de "otaku" na verdade anime independente de gênero deveria ser tratado como obra,assim como livro,filmes,séries e etc….. anime e mangá são obras; só que é como o Mizao disse se o cara ficar se baseando em outro personagem de anime e assim por diante, vai chegar a hora que uma geração vai criar personagens "rasos" ou "clichês";então o cara tem que sair de casa ver filme,ir na confeitaria jogar bola ir num syber-café e etc…,pra criar personalidades mais distintas e etc…. senão o… Read more »

Pedro Felipe Aquino
Visitante

Gaben Enrico por isso autorrotular é um idiotice ¬¬

Gaben Enrico
Visitante

Acredito que Otaku ganhou um novo significado no Brasil. Não olho pra palavra com o seu significado japonês, mas sim como algo que foi "importado" e "localizado" para o ocidente. Otaku no sentido de gostar do entretenimento japonês em geral.
Agora, dizer que o título de Otaku, NO JAPÃO, é legal, é simplesmente ridículo. Você é um nojo, o lixo da sociedade para eles.

Pedro Felipe Aquino
Visitante

Gaben Enrico De fato, ele tem razão.. As pessoas se ¨auto-rotulam¨ Otakus, mas não sabem o real significado..
Gosto de animes e mangás, mas não vou basear o meu modo de viver por causa de alguns mangás e animes!.
Posso sim, ser influenciado por alguns. Outros, aliás, me ajudam em muita coisa. Mas viver por isso.. é brincadeira…¬¬

Diogo Lima
Visitante

Tulius Alves Eu entendi, e não me referi a você. E foi o que eu quis dizer mesmo, apenas concordei com o que você escreveu e adicionei minha opinião. Eu me referi ao fato de muitos otakus só se interessarem por isso, pelo corpo das personagens, pelas cenas ''quentes'' em animes, etc. E se você reparar, mais e mais animes focados somente nisso vem aparecendo. É tipo de ''produto'' que os otakus mais amam consumir, ao menos no Japão é assim.

Mário Gomes
Visitante

Acabei de ler o depoimento dele e não vejo muito sentido. Os desenhos dos mangás/animes não precisam emular as feições humanas. Funcionam muito bem como caricaturas, e até dão mais sentimento aos personagens. Ele mesmo não faz desenhos que condizem com a realidade do povo japonês. Não sei do que ele tá reclamando, parece o Alan Moore. Por sinal, o título da matéria não tem nada a ver com o que ele disse. Não entendi essa do AnFreak. Na matéria eles mantem um posicionamento favorável aos "otakus", sendo que Hayao Miyazaki nem disse que ter Otakus na indústria era um… Read more »

Mariote
Visitante
Mariote

Acabei de ler o depoimento dele e não vejo muito sentido. Os desenhos dos mangás/animes não precisam emular as feições humanas. Funcionam muito bem como caricaturas, e até dão mais sentimento aos personagens. Ele mesmo não faz desenhos que condizem com a realidade do povo japonês. Não sei do que ele tá reclamando, parece o Alan Moore. Por sinal, o título da matéria não tem nada a ver com o que ele disse. Não entendi essa do AnFreak. Na matéria eles mantem um posicionamento favorável aos “otakus”, sendo que Hayao Miyazaki nem disse que ter Otakus na indústria era um… Read more »

Tulius Alves
Visitante

Diogo Lima Não foi isso que eu quis dizer,mas o exemplo da sakura é simples todos os personagens de naruto ou qualquer outro anime ou qualquer tem uma mensagem certo? a sakura aparece muito em naruto mas ela tem pouco conteúdo em relação aquele universo,ou seja ela só tem o tsundere a oferecer ao leitor,a mãe do naruto também é tsundere mas ela tem algo pra contar naquele mundo dos ninjas. Se você acha que eu quero saber de peitos está enganado, pois a makise kurisu de steins gate é um tsundere mas ela tem lá as relações dela com… Read more »

Diogo Lima
Visitante

Bem isso, imagina como você rala criando um personagem, imaginando sua personalidade, seus gostos, sua forma de vida, de forma que se encaixe na história, e vem um otaku que só quer saber de uma personagem peituda tsundere.

Gaben Enrico
Visitante

Otakus existem a muito tempo no Japão, e sempre teve mercado pra eles. Cutie Honey é a prova viva de que desde 1970 existia um grande mercado de adultos que estavam loucos para ver moe e sexo em seus animes. Cutie Honey era um anime/mangá para otakus.
E, sinceramente, vários otakus são ótimos para a industria. Posso dar como exemplo Kinoko Nasu, o meu autor favorito. O cara nunca mostrou o rosto numa convenção da sua empresa, e sempre manda comunicados por escrito para seu amigo Takashi Takeuchi ler.

Wellington Donizete
Visitante

Sempre achei mangá legal, mas eu quero algo mais que isso.

André Duarte
Visitante

Realmente é bem estranho você encontrar um cara com um dakimakura de uma personagem de anime, enfim os anos 80 e 90 foram os melhores e não tinham esses otakus, rs

Gaben Enrico
Visitante

Sim, mas não muda o fato que "Otaku" é um péssimo rótulo no Japão. E o problema nem são as apostas, elas pareceram mais preocupadas com os eroges, posters e figures. Resumindo, as coisas que realmente fazem parte da cultura otaku.

André Duarte
Visitante

Gaben Enrico elas preferem q eles tem outros vícios como apostas e pornografia elas realmente não suportam esse tipo de gente

Pedro Felipe Aquino
Visitante

por isso não me acho otaku ou me rotulo otaku mas viver por esses mangás e animes é loucura ¬¬ mas importa é a diversão tem que saber usar o tempo e não pode ficar parado ver animes e ler mangás tem outras coisas pra fazer como ler livros e passear e trabalhar,namorar.

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar